tranferência

Cadeira em cadeia

Cadeira em cadeia.

f29cb6b3f6cf611f776eb85c0024218c

Por Raissa Fortes

Assento ou banco para uma só pessoa, com costas e algumas vezes com braços. Esse é um dos significados de Cadeira, segundo o dicionário. Etimologicamente a palavra cadeira tem origem grega, que significa local de assento ou do latim; cáthedra; que é cadeira de braços;. Em ambos os casos, significa que é um assento especial, dedicado à autoridades, aos professores e autoridades eclesiásticas.

As cadeiras tem sido utilizadas desde a antiguidade e durante muitos séculos foi símbolo de poder e dignidade. Até então, as pessoas se sentavam em baús, bancos ou qualquer outro local, pois não havia este conceito de um objeto específico para sentar. Os antigos Egípcios foram os primeiros a adicionarem encosto aos assentos, transformando-a em arte, sem sacrificar sua função.

Com a Revolução Industrial as peças únicas dão lugar à produção em série. O excesso de detalhes e adornos das peças antes artesanais deram lugar à;forma e função;. A tecnologia e a criação estavam alinhadas em busca da funcionalidade.

Surgiram grandes Escolas e Designers vanguardistas responsáveis pelo nosso atual modelo e por cadeiras e poltronas ícones do Design como a Escola Bauhaus, e nomes como Mies Van der Rohe, Le Corbusier, Breuer, Charles Eames e Ray Eames, Saarinen, Sérgio Rodrigues, Arne Jacobsen, Verner Panton, dentre outros.

Desenhar e projetar uma cadeira não é tarefa fácil. Já diria o Arquiteto Alemão Mies Van der Rohe que desenhar uma cadeira é quase tão difícil quanto desenhar uma casa;. Exige um grande conhecimento de ergonomia, afinal fica-se horas sentado, conhecimentos dos materiais a serem empregados, além de uma estética apurada.

No Brasil, as cadeiras foram chegar somente no século XVI, junto com os portugueses. Mas não teve sucesso imediato, sendo indispensável o uso de rede e esteiras indígenas de fibra vegetal. Seu uso ficou restrito a conventos, igrejas, palácios e outros lugares mais requintados. Somente no século XIX que começou a ganhar popularidade e as famílias brasileiras começaram a incorporar no mobiliário o jogo de cadeiras destinados a compor a sala de jantar e de visitas.

Hoje existem diversos tipos e estilos de cadeiras: cadeiras modernas, antigas, cadeiras para escritório, para consultórios, cadeiras de massagem, de amamentação, cadeira de rodas, cadeira de balanço a até cadeira elétrica!

Beijuus e até!

Raissa Fortes

Raissa Fortes

Raissa Fortes é Designer de Ambientes, Desenhista, Advogada, observadora e curiosa, entusiasta do Design, das Artes e do comportamento humano.

Anterior

Ko Hyjoo - Skate Koreano

Próximo

Olhos nus olhos