Carolina Neves NeivaDestaques

Virtual e real

Virtual e real

Virtual e real

Foto: Adidas – Destrinchando

Destrinchando

Por Carolina Neves Neiva

A Internet nos prega verdadeiras peças não é mesmo? Principalmente no quesito amor…Veja bem, você já teclava com aquele gato(a) há “algum” tempo, já conversavam pelo telefone, e incrível, vocês combinavam em tudo, mas bastou transformar meia hora desse encontro virtual em real, pra você perceber que apesar
das milhares afinidades que vocês tem, um não tem nada a ver com o outro.

Tudo bem que chegando lá, você descobriu que ele(a) não tem aqueles olhos azuis da foto, ou aquele porte atlético que lhe disse, mas e daí não é?? Ele(a) é lindo(a) do mesmo jeito… Depois o importante não é o que vem de dentro? Ah, e nisso ninguém bate o seu pretendente. Mas como saber o que tem por dentro?

Alguém vem com um resumo do caráter na testa? Está certo que você também deu uma exagerada em seus atributos físicos, mas será que ele vai querer o real invés do virtual? Ai acontece que ele (a) também não se importou… Você sabe que é bonita, inteligente, bem-humorada, divertida … Qual pessoa não gostaria de ter um caso contigo, não é mesmo?? Mesmo assim, infelizmente, a sorte deixou de sorrir pra você, e você sentiu que mais uma vez embarcou numa furada. O que será que deu errado desta vez?? Já reparam que quando se trata de relacionamento virtual, tudo parece ser perfeito? Mas quando estamos há um passo de tornar tudo isso realidade, acabamos nos decepcionando com as pessoas que nos encontramos…

A Internet é um verdadeiro celeiro de pessoas com problema de relacionamentos!!! ora, convenhamos… é muito mais fácil se apaixonar por uma pessoa virtualmente ( da mesma maneira como é muito mais fácil nos decepcionarmos ), porque sempre lidamos com as emoções no extremo. É o tudo ou nada, não existe
meio termo….as pessoas (na maioria das vezes), mesmo que involuntariamente criam mascaras e vendem uma imagem que não lhe pertencem, a você. Até provar o contrário, todos são bonitos, simpáticos, legais, amigos, etc. etc. e etc. ninguém (ou quase ninguém…não vamos generalizar) é egoísta, maluco, doente, ou
possui problemas com álcool ou outros tipos de droga.

As pessoas acabam não mostrando o “outro lado da moeda” ( podem me criticar por isso, mas pra mim todas as pessoas tem duas faces. Ninguém é inteiramente bom ou mau.). E daí, o que eu ou você tem a ver com isso?? Ora, você há de concordar comigo que fica muito fácil se encantar por aquele filha da mãe que fica do outro lado da Net lhe fazendo juras de amor, e não tem defeitos, do que por aquele carinha chato da sua vizinhança ou do seu colégio que vive lhe pedindo uma chance.

Agora quando se trata de encontrar “aquela” pessoa pela Internet aí não tem jeito… raros são os relacionamentos que começam pela telinha do computador e dão certo (você pode ate conhecer alguém ou ouvido a história de alguns casos, mas convenhamos, pelo número de internautas que existem no nosso país e no mundo, você irá concordar comigo que os casos são raros!!!. E depois quem garante que deram certo mesmo?? Eles casaram, tiveram filhos e foram felizes pra sempre?? Ah, deixa disso…)

O que fazer então ??? Moleza …. parar de se preocupar com isso! (eu não estou blefando, é isso mesmo que você leu!!). Ponha uma roupa transada, arrume seu cabelo, e saia com seus amigos!!! Divirta-se!! Ah, você não tem amigos?? O que importa!! Vá fazer alguma atividade oras… Procure ocupar seu tempo de alguma
forma!! Tem gente que vai tacar pedra em mim ou me amaldiçoar depois desta, mas será que vale a pena perder madrugadas (preciosas diga-se de sinal) de sono tranquilo – já que você certamente estuda
ou trabalha no dia seguinte – conversando ou teclando com um pessoa que você só conhece “superficialmente” ? Eu acho que não né? Lembre-se: não se procura pelo amor, porque ele não esta ali na
esquina pra ser encontrado… (é ele quem bate a sua porta,e não contrário). Pense bem nisso..

Leia mais:

Escolhas e a terceira lei de Newton

Rodrigo Fraga assina figurinos da banda Pato Fu

Carol Neves Neiva

Carol Neves Neiva

Psicóloga clínica especializada em psicóloga hospitalar.
Life coaching.
Atuo na área de motivacional a 6 anos.

Rodrigo Fraga assina figurinos da banda Pato Fu 5
Anterior

Pedidos de patente

Bodyguard 1
Próximo

Bodyguard