DestaquesLucas Machado

Ternos

Ternos

fff7502eb1e69304c1897316d2f454af

Por Lucas Machado

Faça um raio x nos seus ternos e saiba onde mexer neles exatamente. Confira;

Hoje falaremos de como realmente os ternos devem ficar e o que na maioria das vezes não tem como recuperar ou reparar. O famoso jeitinho até pode valer, mas se você não quiser ser notado e sim exaltado pela riqueza de detalhes, esta lendo a matéria certa.

Ombros:

Deve cair perfeitamente sobre eles, já que estes são os únicos lugares que não é possível fazer ajustes. A manga deve abraçar os o ombro e não deixar espaço sobrando, porém os braços devem mexer mais confortáveis. Se não tiver como escolha outro ou mande ajustar, preferência em um alfaiate.

Cintura:

Prefira os com cintura marcada, pois os cortes valorizam as silhuetas e deixam com a impressão de mais secos e elegantes. Na hora de fechar os botões o tecido pode ficar repuxado. Se isso for uma constante troque o terno, caso não haja ajuste.

Comprimento:

Paletós longos de mais podem achatar a silhueta. Isso tem que ser sempre reparado.

Cós:

Calça sociais devem estar sempre perto do umbigo. Eu costumo a dizer evite modelos com pregas.

Perna:

Devem acompanha o o shape e principalmente o paletó.

Barra:

Na minha opinião devem sempre acompanhar os dois primeiros furos do seu sapato ou bota.

Os modelos ou shapes. Escolhemos os 03 principais saiba mais deles. Os nomes podem mudar mas a tipos são iguaizinhos.

O mais tradicional ou o mais careta:

Corte reto. Calça mais larga acho que esse modelo pode até voltar a ser usado mais já é mais antigo.

Slim:

O nome já fala tudo. Ele é seco e possui ombros estreitos, calça ajustada e cintura marcada. É um dos modelos que mais melhor favorecem a maioria dos corpos.

Super Slim:

Segundo a história foi criado pelo estilista Thom Browne, a impressão que se tem é que é um terno encolhido. Na minha opinião esse estilo revolucionou a alfaiataria e garantiu ao criador um prêmio de moda masculina.

Leia outras matérias:

Alfaiate Bárbara Santiago

A história do masculino sob medida

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

Moda Praia 2017

Próximo

Destrinchando