DestaquesDestrinchando

Tênis de basquete

Tênis de basquete

Tênis de basquete

Marca chinesa lança os primeiros tênis de basquete do mundo com aplicação de tecnologia em impressão 3D.

Destrinchando

A PEAK é uma das primeiras marcas em todo o mundo a aplicar a tecnologia de impressão 3D aos sapatos esportivos. Há três anos, a marca esportiva adquiriu o mais avançado equipamento de impressão 3D e lançou produtos baseados no conceito de impressão 3D. No último mês de maio, a marca lançou o “FUTURE I”, tênis de corrida feitos com impressão 3D. A introdução do sapato de basquete, feito com impressão 3D, elevou a PEAK para a posição de marca esportiva líder mundial em P&D e aplicação da tecnologia de impressão 3D.

Com base na tecnologia, agora bastante amadurecida, e apoiada pela pesquisa científica anteriormente aplicada ao tênis de corrida feito com impressão 3D da marca, a PEAK lançou a tecnologia de sinterização seletiva a laser (SLS) e o protótipo de impressão dos mais flexíveis e leves pós de poliuretano termoplástico (TPU) no projeto.

O sapato de basquete Dwight Howard III-3D utiliza uma estrutura reticular 3D no meio do solado, enquanto usa estrutura de TPU feita com impressão 3D para as laterais da parte da frente, ultrapassando os limites existentes da estrutura do desenho e expandindo o espaço no qual os designers puderam ser mais criativos e, por fim, fornecendo aos consumidores o produto esportivo profissional líder, o qual é atraente tanto no visual quanto no alto desempenho.

“Como uma nova tecnologia de criação de protótipos e de processamento, a impressão 3D é de grande significado para as marcas esportivas chinesas e para a estratégia ‘Feito na China‘ para 2025″. Após o lançamento dos tênis de corrida feitos com impressão 3D e dos sapatos de basquete 3D, a marca planeja aplicar a tecnologia de impressão 3D em mais produtos no futuro, fornecendo continuamente produtos inovadores aos consumidores. “Nosso objetivo é transformar a PEAK na marca esportiva profissional líder mundial, através de inovação constante e de contínua expansão nos mercados internacionais”, acrescentou diretor da marca.

Leia mais:

Meias

Quais suas cercas

 

Destrinchando

Destrinchando

Anterior

Porto Alegre e eu: prontos para a decisão nos pênaltis

Próximo

Destrinchando Fotografia