DestaquesLucas Machado

Surf Chicama

Surf Chicama

Surf Chicama

 

 

Lucas Machado por Eduardo Ponce

Na vida, há um timing onde alguns fatores coincidem para que algo mágico e abençoado possa acontecer. E foi assim como que por loteria, um grupo de animados surfistas mineiros decidiu por comprar uma passagem para Chiclayo, próximo a Chicama no Peru, aproveitando uma grande promoção.

popo8

O detalhe é que essas passagens foram compradas há 3 meses da data da viagem, ou seja, sem condições de previsão de swell (Ventos) ou de prever as condições locais de surf.

Os mesmos poderiam chegar ao pico de surf e se deparar com uma lagoa sem ondas, já que no surf o tempo que você consegue uma previsão é de 15 dias antes pelo menos. A passagem foi encontrada pela esposa de um deles, Eduardou Ponce (Du Ponce), “Minha esposa Raquel é super tranquila, sabia que tinha esse sonho de ir surfar em Chicama e me mostrou a passagem, nem pensamos duas vezes e já passei a dica pra galera! Como se trata de um deserto sem muitas opções, pude ir sozinho com a galera sem problemas.”.

O grupo foi formado por 3 surfistas de BH, Du Ponce, Jósue Soares, Gu Guimarães e Maurício Leão de Floripa que já foi direto da ilha.

Há mais ou menos 20 a 15 dias da viagem, ficamos sabendo que um grande swell chegaria, nosso destino.

Chicama fica a 1 hora de Pacasmayo, nosso primeiro local de hospedagem, pico bem constante de ondas e de lá, no dia seguinte já partiríamos, 1 hora e meia de distancia, que pela previsão entraria um swell clássico com extensas ondas de 2 metros de altura e abrindo de maneira incrível.

Quando chegamos a Chicama e fomos fazer o check das ondas, foi algo inacreditável, uma paisagem de quadro, series infinitas, formação perfeita e estávamos diante do que Deus havia preparado. Momento emocionante!

Chicama é uma simpática vila, onde o surf movimenta o local, vários estrangeiros de todas as partes do mundo vem procurar essa que é a onda esquerda mais perfeita do mundo.

A culinária é muito boa, com destaque para o Ceviche, feita com frutos do mar, uma delicia e lá voce encontra diversos tipos de hospedagem e alimentação. A cidade é muito astral e as pessoas te recebem super bem.

O surf foi algo inacreditável, as pernas chegavam a queimar, uma onda de chicama você chega a surfar por mais de 1 minuto, são várias conexões e quando você chegava no final da onda.

Haviam duas opções, ou você pagava um bote a quantia de 20 dólares e por 3 horas, eles ficavam te pegando no final da onda e levando novamente ao inicio ou você descia na praia e fazia uma caminhada de 30 a 40 minutos para novamente chegar ao começo do pico. Era muito extensa a onda!

Foi um sonho, ganhamos na loteria, Deus preparou esse dia incrível, talvez a gente não consiga surfar Chicama em condições tão perfeitas algum dia, a galera toda de Minas botando pra baixo, muito unida, sangue nos olhos.

Ficou na lembrança essa que foi a onda esquerda mais perfeita que surfamos em nossas vidas. E que as trips continuem! Tudo perfeito…..quando é vontade de Deus nada pode impedir.

Confira mais fotos.

popo1

popo4

popo5

popo7

popo8

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

Palácio da Alvorada

Próximo

89 Fm e Urban Arts