DestaquesDestrinchando

Skate na comunidade: Skateboard e a sua essência

Skate na comunidade: Skateboard e a sua essência

Destrinchando

Viamão – Rio Grande do sul

Olá meus leitores, não poderia começar esse primeiro texto se eu não falar da maior essência do skate, daquilo que é muito importante chamado, amizade.

O skate começou por um grupo de surfistas, como a história nos diz e, das necessidades da prática do surf, surgiu o skate. Amigos em prol de praticar o esporte juntos, resolveram esse problema e criaram o skate. Não podemos deixar de esquecer essa história nos dias de hoje, afinal, essa é a raiz do skate. A amizade, união se caracteriza por toda história da minha vida também e gostaria de compartilhar aqui dela. Conheci o skate com 13 anos, em 2010 através de um amigo que me apresentou o skate e foi atrativo a mim demais. Despertado o amor ao esporte, comecei a andar e percebi que sozinho era complicado, não tinha ajuda e não era muito aceito.

Então, um amigo chamado Rafael (Potter) começou a aprender comigo, éramos nós 2 todos os dias gastando o asfalto e suando no skate. Tempo vai passando e fomos conhecendo mais pessoas, um deles o Didi, que sempre foi um pai para mim no skate. A dificuldade era grande, não tinha skate e roupa para andar e esse amigo sempre fortalecia de toda forma pra que a gente pudesse sempre estar ali no local de encontro do skate. É fantástico, a amizade verdadeira no skate sempre esteve presente, desde a criação, até eu conhecer e tem sido até hoje. Infelizmente eu perdi amigos nesse caminho, pois faltou oportunidades a eles e eu não podia dar, eu era igual a ele, só precisava receber porque não tinha nada.

Anos se passaram, e toda a gratidão pelas amizades da vida que tive, criei um projeto com “aqueles amigos” meus, e fundamos a skate na comunidade, um projeto que atende entre 60 crianças na minha comunidade em Viamão/RS  usando o skate como forma de inclusão. Aqui, descobri não apenas as amizades das crianças que fui tendo, mas o quanto fui conhecendo pessoas que foram se unindo a mesma obra que a minha, trazendo grande alegria ao nosso trabalho. Gustavo, um grande amigo advogado, skatista se uni a nos para somar, Andressa se une através de incentivar o sobrinho a andar, Priscila e Thyelly se unem através do amor ao filho pelo skate, Douglas e Fran, se unem comprando a ideia inicial, Alex se une com os mesmos valores e César se une para mostrar que nunca é skate.

Aqui daqui um é uma coisa, cada um possui um trabalho diferente do outro, modo de pensar… mas o skate une, e mostra sempre que a essência precisa ser fixada e nunca esquecida. Hoje somos muitos voluntários cheio de amor para com nos acima de tudo e depois para dar as crianças!

Quando você lembrar de skate, lembre-se sempre que é união e é preciso dedicação tua para ajudar, compartilhar e até mesmo ser uma família. Que o skate no mundo nunca esqueça isso, que o ego não apague os valores do skate e a essência. Ame, ensine, seja amigo, ajude e valorize não apenas quem estava com você no início, mas valorize quem vem chegando e soma na sua vida… isso é skate raiz! 

Leia mas:

Ideias originais são cada vez mais um artigo de luxo

 

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

Ideias originais são cada vez mais um artigo de luxo

Próximo

Masculino Sob medida: Confira fatos históricos que marcaram esse clássico