DestaquesDestrinchando

Revestimento inteligente

Revestimento inteligente

Revestimento inteligente

Com aparência semelhante à pedra granito, o revestimento inteligente não agride o meio ambiente, possui maior durabilidade, facilidade de aplicação e resistência ao intemperismo

Nos últimos anos, o Brasil vem se destacando no ranking mundial de construções sustentáveis. A preocupação com o meio ambiente fez com que o país passasse – até o balanço de 2017 – de zero para 393 edificações com a certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), criada pela ONG U.S. Green Building Council. Em busca de contribuir para a sustentabilidade e acompanhar a grande demanda, a empresa mineira Ecogranito importou do Japão a mais nova tecnologia de revestimento inteligente.

O material – que leva o mesmo nome da empresa – é produzido na fábrica, localizada em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, e é chamado de revestimento inteligente devido a tecnologia de respiração. “Decidimos trazer para o Brasil essa tecnologia de material inteligente, por acreditarmos no produto e em sua capacidade de contribuir para a sustentabilidade na construção civil. O modo como buscamos minimizar os impactos causados ao meio ambiente encontra-se no simples fato de utilizarmos uma tecnologia que não tenha que extrair as jazidas”, explica o diretor comercial da Ecogranito, Renato Las Casas.

O produto Ecogranito consiste em um revestimento semelhante às rochas de granito, porém com tecnologia diferenciada. Além da possibilidade de aplicação em diferentes formatos de superfície, do baixo índice de desperdício e da alta produtividade da mão de obra, o produto possui uma resistência ao intemperismo, como à exposição solar, chuva e poeira. Sua durabilidade também se destaca, pois, no Japão, é utilizado para substituir as pedras devido a terremotos. Empresas como drogaria Araújo, MRV e edifício Órion Complex são alguns dos clientes que aderiram ao material em suas obras.

Em 2017, a Ecogranito fechou o ano com um faturamento de 4,1 milhões, sendo que em 2016 a empresa faturou cerca de 3,4 milhões. Segundo o diretor, a expectativa para fechar esse ano é de 6 milhões, podendo superar. “Neste ano, uma das áreas que mais investimos foi a da produção. Aumentamos nossa capacidade produtiva em 115% e alcançamos um volume de produção de 12.000 m² por mês”, aponta Las Casas.

ECOGRANITO

A ECOGRANITO foi fundada em 2009 pelos investidores Las Casas & Cia e Hsieh Empire Participações. Juntos, trouxeram ao Brasil, a tecnologia japonesa, criada pelo Sr. Hiromichi Kano, para o desenvolvimento de revestimentos inteligentes.

Desde então, a ECOGRANITO desenvolve e produz texturas modernas, diferenciadoras e com aparência final surpreendentemente semelhante às rochas ornamentais. O revestimento ECOGRANITO oferece o que há de melhor quando o assunto é design, requinte, praticidade, baixo custo-benefício e sobretudo conservação ambiental.

A empresa está totalmente comprometida com o meio ambiente, por meio de aproveitamento de resíduos de granito e mármore, gerados na exploração de jazidas. Além de não cortar rochas, o aproveitamento desses resíduos diminui os impactos ambientais e gera sustentabilidade.

Leia mais:

Nova Zelândia

Fixed Gear Bikes

 

Destrinchando

Destrinchando

Renovar o armário 1
Anterior

Renovar o armário

Oswaldo Montenegro
Próximo

Oswaldo Montenegro