DestaquesDestrinchandoRaissa Fortes

Rede e suas origens

Rede e suas origens

Rede e suas origens 10

Foto: Divulgação

Destrinchando

Por Raissa Fortes

Recentemente finalizei uma leitura bem bacana do livro 1499 – o Brasil antes de Cabral do Reinaldo José Lopes. O livro conta a saga da população indígena brasileira antes da chegada dos portugueses por aqui, como suas origens, curiosidades, pleistoceno, holoceno e muita riqueza cultural.

Enfim, no decorrer dessa leitura fiquei pensando a respeito da origem da rede de descanso, afinal depois de toda essa enxurrada de informações ameríndias, fiquei curiosa com a forma de vida, costumes e rituais dos nossos antepassados.

Descobri que seu nome original era Hamaka ou Inie era feita com cipó e lianas. É um legado 100% dos indígenas da América do sul e teve grande importância à época do descobrimento e toda a época colonial, revelando mil e uma utilidades, desde ser usada para dormir, como meio de transporte e até para enterrar seus mortos. Com a chegada dos portugueses, desenvolveu-se uma adaptação à técnica indígena e as redes de algodão e babados já enfeitavam as casas dos colonos.

A Ini passou a ser chamada de rede, por se parecer com uma rede de pesca, por ninguém menos que Pero Vaz de Caminha, o qual batizou a dita cuja e tem até data de nascimento – segunda-feira, 27 de abril de 1500.

Em sua carta de descobrimento Pero Vaz assim narra o feito: em que haveria nove ou dez casas, as quais diziam que eram tão compridas, cada uma, como esta nau capitania. E eram de madeira, e das ilhargas de tábuas, e cobertas de palha, de razoável altura; e todas de um só espaço, sem repartição alguma, tinha de dentro muitos esteios; e de esteio a esteio uma rede atada com cabos em cada
esteio, altas, em que dormiam. A partir daí foi exportada e ganhou novos ares e interpretações.

Na decoração além da função de descanso, ela faz parte da estética despojada na composição de alguns ambientes como varandas, salas e espaço de descanso, tornando-se muitas vezes a protagonista do local. Cores, formas e texturas variadas fazem parte da sua trajetória e para os mais ousados e
desapegados, pode substituir facilmente a cama tradicional.

Confira as fotos:

Rede e suas origens

Rede e suas origens 2

Rede e suas origens 3

Rede e suas origens 4

Rede e suas origens 5

Rede e suas origens 6

Rede e suas origens 7

Rede e suas origens 10

Rede e suas origens 11

 

Gostou da matéria? Então me segue lá nas redes sociais @raissafortesdesign. Se você tem dúvidas sugestões, mande seu e-mail para – raissafortes@hotmail.com.
Beijuss e até!

Raissa Fortes

Raissa Fortes

Raissa Fortes é Designer de Ambientes, Desenhista, Advogada, observadora e curiosa, entusiasta do Design, das Artes e do comportamento humano.

Inovações Criativas 2
Anterior

Inovações Criativas

O outro lado do carnaval
Próximo

O outro lado do carnaval