DestaquesDestrinchando

Rat Rod

Rat Rod

Já existe uma polêmica a respeito dessa denominação. Cada um fala uma coisa e não vou ser eu que vou entrar nessa. A denominação é Rat Rod e pronto.

Rat rod

Mas é fato que eles vieram para ficar. Os Rat Rod são uma vertente dos Hot Rod. A diferença é que, ao contrário dos Hot Rod, a aparência é diferente, fazendo com que os carros pareçam inacabados, seja pela falta de pintura, seja pela falta de acabamentos. Pelo aspecto propositalmente desleixado desses carros ou pelas suspensões baixíssimas, eles se destacam. Seja pelo amor ou pelo ódio que despertam. Mas uma coisa não se nega. Não passam despercebidos, onde quer que seja.

Os Rat Rod, assim como seus irmãos Hot Rod, podem ser feitos de qualquer modelo e de preferência até a década de 1950. Assim como em toda customização, existem os espíritos  de porco, que acham que podem transformar qualquer coisa em um Rat e aberrações começam a aparecer nessa vertente também.

Carros

Esses carros começaram a ser feitos como uma alternativa para o alto custo dos Hot Rod e normalmente a maior preocupação é com a funcionalidade, ficando a estética em segundo plano. Apesar de alguns acharem que a estética existe sim.

Acessórios são amplamente usados como decoração. Caveiras, cruz de malta, lanternas de outros carros, enfim, o que não pode é aumentar demais o custo da montagem.

O interior desses carros segue a mesma linha, sendo a grande vedete os “mexicans blankets” ou cobertores mexicanos. Muito coloridos, eles são a opção de acabamento para os bancos desses carros. As portas, por vezes, ficam até sem a forração sendo que a atenção é voltada apenas para os bancos, que recebem apenas essa cobertura.

Carros

Porém, alguns amantes dessa categoria com recursos ($) usam e abusam da imaginação. Apesar da aparência desleixada, investem alto em seus carros, usando motores de última geração, como os Chevrolet 572 ou Chrysler Hemi, entre outros.

Suspensões a ar tornam os carros mais confortáveis para se rodar e dão a aparência de que o carro está colado no chão quando parados. Em alguns modelos, os suportes da carroceria mudam de posição, também para dar a impressão de que o carro está “se arrastando”, de tão baixos.

Alguns modelos são “perfeitamente mal feitos”, como o caso da camionete International 1940, verde,  daqui de Belo Horizonte, que ilustra essa matéria. Quem vê de longe, acha que o carro é realmente detonado.

Mas olhando mais de perto, pode-se perceber o capricho  com que o carro foi construído, nos detalhes.A pintura (ou falta dela…) recebeu uma camada de verniz, dando uma impressão de extremamente bem “mal acabada”.

Onde havia frisos na grade dianteira, seu dono colocou acabamentos feitos em palhinha, (aquela mesma, usada nas cadeiras da sua avó). O mesmo acabamento foi feito na caçamba onde a palha está presente na madeira ali existente.

Suspensão a ar também foi usada na camionete e ela é um bom exemplo de um Rat Rod, porém com uma preocupação com os detalhes e com o acabamento.

Em Belo Horizonte, a cena Rat vem despontando e alguns desses carros já podem ser vistos rodando por ai. Tomara que a coisa pegue, pois em se tratando de veículos customizados, todos são sempre bem vindos.

 

Destrinchando

Destrinchando

Anterior

Centramento

Próximo

Mar íntimo