DestaquesFernanda Mello

Qual sua trilha sonora do momento

Qual sua trilha sonora do momento

Qual sua trilha sonora do momento

Foto: Elias Martins

Destrinchando

Por Fernanda Mello

ESTA HISTÓRIA COMEÇA, ASSIM COMO A MAIORIA DAS COISAS, com uma música. Afinal de contas, no começo havia as palavras, e elas vinham acompanhadas de uma melodia. Foi assim que o mundo foi feito, que o vazio foi dividido e que a terra, as estrelas, os sonhos, os pequenos deuses e os animais vieram ao mundo. Eles foram cantados. Esse é um trecho do livro Os Filhos de Anasi”, do escritor Neil Gaiman, que define exatamente o que sinto em relação à importância da música no mundo.  

Para mim, começos (ou recomeços) vêm sempre acompanhados de novos sonsNão importa estilo. Canções andam de mãos dadas com nossas lembranças desde que nascemosVocê ouve aquela melodia e – pow! – se vê de novo em 1990, naquela noite fria onde os Stones cantavamYou’re not the only one with mixed emotions”…

Pensando bem, desconheço quem não associe uma música a um momento especial da vida. Seja ela qual for.

Costumo dizer que minha vida amorosa tem sempre uma trilha sonora original porque não consigo dividir a mesma música com dois momentos. Música pra mim tem que ser monogâmica. Se marcou uma época, não tem como marcar outra. Não sei se com vocês acontece isso, mas comigo é assim e acho um sofrimento sem limites... Porque – convenhamos! – músicas não têm como optar pelos amores que as designamos. Músicas boas também embalam amores ruins (e vice-versa).  Por isso, agora sou cautelosa: com minha trilha sonora. E com que escolho para entrar na minha vida.

Afinal, apagar playslists é tão (ou mais) frustrante que esquecer um amor.

Leia mais:

 

Fernanda Mello

Fernanda Mello

Escritora e compositora, Fernanda Mello ficou conhecida por seu blog Coração na Boca e por suas inúmeras letras para bandas como Jota Quest, Tianastácia, entre outros, incluindo sucessos como: “Só hoje, “O que eu também não entendo”, “Mais uma vez”. Autora de 4 livros (Princesa de Rua, O menino que queria abraçar o mundo, Amor na TPM e Amar é punk), Fernanda também conta com um canal de crônicas digitais no youtube, que somam mais de um milhão de acessos.

Ensaio Cintia Rodarte 1
Anterior

Cintia Rodarte

Coleção Musthavee 6
Próximo

Coleção Musthavee