DestaquesDestrinchando

Projeto Skate na Comunidade tira crianças da situação de risco

Projeto Skate na Comunidade tira crianças da situação de risco

 

Destrinchando

A Skate na comunidade teve inicío no dia 15/04/2017, em Viamão/RS.

O projeto começou com um grupo de amigos skatistas, que a anos andavam de skate pelas ruas, passando perigos e vivendo a difuculdade de uma cidade com nenhum apoio ao skate e sem a condição de ter algo melhor. Assim, percebemos a necessidade da comunidade, pois as
crinças e jovens não tinham muito onde por suas energias aqui e a primeira coisa que aparecia sempre era as drogas.

Aqui na São Tomé, sempre teve uma praça, ela sempre foi muito velha, somente muito no passado era usada para o futebol. A situação dela no momento era uma praça vazia, e um lugar de encontro para o uso de drogas. Pensamos que poderiamos mudar aquela situação usando o skate, assim começamos a implantar o projeto ali. Como a praça era muito velha, tivemos que por a mão e limpar toda ela, tiramos 60 sacos de lixos, esse foi nosso primeiro passo. Consequência disso, o maior jornal aqui do RS nos viu, e fez uma matéria com a seguinte manchete ” Skatistas adotam praça em Viamão”.

Após isso, no primeiro dia de aula tivemos 15 crianças interessadas no skate. Assim, começou as primeiras aulas no projeto, algo muito simples e com pouco conhecimento. Com apenas 3 skates, tivemos que aprender a dividir om 25 crianças que já frequentavam, até que algumas televisões nos procuraram e ajudaram com matérias. O skatista profissional, Luan de Oliveira, em parceria com o sobreskate nos convocou para um passeio de Natal, onde as crianças tiveram um dia especial com eles, e no final nos ajudou com alguns skates. Após isso, outras marcas ajudaram doando skates, até que conseguimos ter cada um, um skate para uso e isso já se passava de 60 alunos.

A história desse projeto é inspiradora, fomos convidados a fazer mais ações em nossa cidade, foi onde ganhamos a admiração do povo. Nossa missão é usar o skate como ferramenta, para passar princípios a essa geração, uma esperança e forma de sonhar.

Hoje temos nossa praça todo sábado, cheia de alunos, com rodas de chimarrão para os pais, pois visamos a família presente, o projeto também tem aula de capoeira e uma grande novidade agora são as aulas de inglês para alunos e pais. Tudo isso, através da ferramenta, chamada skate, temos conseguindo transformar muitas vidas, levar informações e não somente aqui, mas em outros estados como: São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e etc.

Hoje somos 13 voluntários trabalhando em prol dos jovens, crianças, acreditando na mudança de cada um! Antigamente a droga era o centro da população, hoje é o skate, a nova forma viver. Eles sabem que naquele lugar hoje, existe uma esperança esperando sempre jovens e crianças.

 

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

Fotógrafa e empreendedora - Veruska Toledo

Próximo

Estresse pode provocar problemas de pele: saiba como identificar