Fernanda MelloMulheres

O que é o amor

O que é o amor

Por Fernanda Mello

O que é amor para você.

Na última coluna, escrevi que faria uma pesquisa sobre o amor, colhendo relatos de pessoas de várias idades e personalidades.
Foi tão incrível a participação de todos e, ao mesmo tempo, tão rica, que resolvi diminuir o texto com minhas percepções, deixando a vocês, leitores, que se deliciassem com as respostas de cada um e tirassem suas próprias conclusões.

O que é o amor
Resumidamente, o que notei na maioria das respostas é que, nesse tipo de pergunta, as pessoas tendem a falar do AMOR incondicional. Portanto, o amor entra como base da vida, sentimento mais puro, razão da existência de todos. Achei interessante porque, em minha opinião, o amor – em sua essência – é uma força universal que torna possível a vida na Terra. Sendo menos cósmica e mais objetiva: o amor é realmente sublime, simples e poderoso. Infelizmente, nós é que, com o perdão da palavra, fodemos tudo, muitas vezes.

aquela coisa chamada amor
Quando as pessoas tendem a falar sobre amor, poucos se lembram da convivência, dos atritos, das dores, do lado B desse sentimento tão forte. Sim, amar é tudo de bom nessa vida. Mas também é punk, e não é pouco.
Nesse contexto, existe, a meu ver, uma tendência à “romantização” do sentimento. Lemos palavras bonitas (adoro!), filosofia, poesia, e muita complexidade.
O mais bacana de tudo aparece nas respostas das crianças que, em meio a tantas frases dignas de control c control v, mostram que amor é muito mais simples do que pensamos.
Para essa meninada, de 5 a 9 anos, o amor simplesmente É. E dividir seu sorvete favorito é a forma mais gostosa de dizer “te amo”.

casal amor

Com vocês, o amor, em palavras (infelizmente, não deu para colocar todos os comentários, então selecionei alguns):

“É ficar com o papai e a mamãe, brincar com os coleguinhas, saber dividir. Só é amor quando a gente sabe dividir o que tem”. (Júlia, 5 anos)

“É você dar metade do seu sorvete preferido”. (Pedro, 6 anos)

“Amor dói o coração”. (João Pedro, 8 anos)

“Amor pra mim é você dormir no sofá e seu pai te pegar no colo e botar na cama sem te acordar, te cobrir e dar um beijo de boa noite”. (Janaína)

“Amor é dedicação recíproca”. (Tati, 20 anos)

“Amor é quando nossos silêncios conversam” (Jéssica, 25 anos)

“Amor é coxinha frita na hora”. (Angélica de Castro)

“Coçar as costas um do outro simultaneamente”. (Matheus Bragança Ataide)

“Admiração e cumplicidade”. (Juliana Lara)

“Amor é quando a minha filha de um ano está comendo uma bolacha Maria (que ela ama e é muito difícil que eu a deixe comer) e ela após comer metade da bolacha, vem me oferecer aquele último pedaço, babado por sinal, falando: “Qué que” e eu como sem pensar duas vezes, sabendo que é a mais pura e linda prova de amor”. (Sarah Guáqueta)

“Por enquanto, é uma busca por mim mesmo, que ainda não aconteceu” (Thiago Yoo)

“Amor é o bem na sua mais pura essência. Sempre penso assim”. (Deuza Alcântara)

“Amor pra mim é água. Água na boca ou água nos olhos”. (Ivo Antonione)

“Amor é Deus, amor de mãe que são incondicionais e sem nada em troca. Querer o bem do outro e dar o melhor de si!” (Tatiana Elbenezer)

“É conhecer todos os defeitos e qualidades de uma pessoa e, mesmo assim, amá-la do jeitinho que ela é”. (Érica Suene)

“Amar é desnudar a alma”. (Miriam Cabral)

“Amar é ser. Se é, ama”. (Mariana Bellucci de Almeida)

“Amor é a essência do ser humano” (Aline Meireles)

“O amor é foda”. (Fabíola Fantin)

“Amor é friozinho gostoso na barriga, é lembrar da pessoa e sorrir”. (Juliana Carmona)

“Amor é saber o limite do outro sem ele falar”. (Tânia Safar)

“Amor é deixar o leite virar queijo. E o café esfriar por conta de um beijo” (Rodolfo Guarnieri Batista)

“Amor pra mim é o olhar do meu filho”. (Paloma Soares)

“O amor é renúncia, é sacrifício, é doação e, ao mesmo tempo, é paz, é satisfação”. (Fran Cristine)

“Um copo cheio de um líquido chamado vontade que dê certo”. (Lorena Rosa)

“Pra mim é música composta e executada em duo e na mais perfeita sincronia”. (Glauco Teixeira)

“Amor é Deus”. (Larissa)

“É um estado de espírito dentro de si”. (Luis Barreto)

“Amor é admiração! A gente só consegue amar de verdade quem a gente admira”. (Paulinha Sena)

“Amor é aquela sensação de alegria plena que dá dentro da gente, que faz a gente sorrir, do nada, lembrando de pessoas e momentos que nos fazem bem, sem querer nada em troca, sem pedir nada em troca, só deixando acontecer”. (Patrícia Filizzola)

“O amor é o que faz a VIDA valer muito a pena! É a maior experiência da existência humana! É sentir Deus agindo em VOCÊ, por VOCÊ e pra VOCÊ! (Cínara Figueiredo Dias)

“Viver do mais simples ao mais complicado por alguém ou alguma coisa…. Algo inexplicável” (Gustavo Dias)

“Você descobre o que é amor de verdade depois que tem filho”. (Bianca)

“E quando você atender:
“alô”.
Alguém irá responder:
“Amor”. (Fernando Suhet)

“Amare deixar a porta aberta para o outro, em situações em que qualquer outra pessoa passaria a chave sem pensar duas vezes. É estar sempre de braços abertos e, mesmo com medo, dizer “vá, eu te espero”.” (Amanda Jéssica)

“Amor é ação! Desprendimento, doação… Zelo por si próprio” (Sônia Lima)

“Amor é você perder o chão e aprender a voar ..é um sentimento lindo e intenso..mas lembrando que nem tudo é lindo, né… Mas para mim o amor é sentir e fica difícil colocar em palavras o significado dele. (Aline Rosa)

“Amar é fingir. Fingir que não tem problema tomar a última cerveja gelada, fingir que tá tranquilo na TPM, fingir que, mesmo sem querer, você faz tudo por ela”. (Camboja)

“Buscar o amor substitui outras grandes questões existenciais”. (Flávia Mello)

“Amor é tudo mais importante que tem na vida. Quando a gente está feliz e realizado com o amor, não precisa de mais nada, não. Agora, quando está infeliz, aí precisa de dinheiro pra viajar, precisa de dinheiro para comprar jóias, precisa de dinheiro para andar bem elegante, precisa de dinheiro para arrumar namorado, esse monte de coisa…” (Femy Cheyne, 85 anos)

amor mensagem

Um beijo a todos, ótimo carnaval, e até dia 11/02!

Fernanda

amor love

Fernanda Mello

Fernanda Mello

Escritora e compositora, Fernanda Mello ficou conhecida por seu blog Coração na Boca e por suas inúmeras letras para bandas como Jota Quest, Tianastácia, entre outros, incluindo sucessos como: “Só hoje, “O que eu também não entendo”, “Mais uma vez”. Autora de 4 livros (Princesa de Rua, O menino que queria abraçar o mundo, Amor na TPM e Amar é punk), Fernanda também conta com um canal de crônicas digitais no youtube, que somam mais de um milhão de acessos.

Anterior

Reality Shows

Próximo

Espaguete a Carbonara