DestaquesPaulo Solmucci

O egossistema

O egossistema

75b08581e53527e7e089978bd8a3c470

Por Paulo Solmucci

O egossistema é brega.

Se o meu concorrente adota boas práticas, dignificando o setor em que atuo, eu o aplaudo. Até ajudo-o, na medida do possível. É uma atitude que sempre carreguei comigo.

Vem desde os tempos em que estive nos altos escalões da então Companhia Vale do Rio Doce e, depois, da Líder Táxi Aéreo.

Fico realmente muito feliz em ver que se tornou uma visão consagrada no extenso pacote de avanços deste abençoado século XXI. Dissolvem-se estruturas rígidas. Estão sendo substituídas pela dinâmica da flexibilidade.

Vivemos em um mundo repleto de descomunais desafios. É, no entanto, um mundo cada vez mais humano. Desabam os quadros organizacionais rígidos e coercitivos, as hierarquias verticais e autoritárias, as organizações pesadas, as padronizações de linguagens, os austeros códigos de conduta, as atitudes dirigistas, as paredes divisórias.

É o novo mundo da inclusão social, da diversidade de gêneros, da sustentabilidade ambiental. Desaba também a breguice personalista e egocêntrica dos negócios. Entramos irreversivelmente na era da colaboração mútua, do compartilhamento, da confiança recíproca.

Deixamos de ser controladores para sermos colaboradores. Saímos do egossistema para o ecossistema.
Há muitos anos a Abrasel realiza, nacionalmente, o bem-sucedido festival Bar em Bar.

O seu objetivo é valorizar os bares como elementos indispensáveis à sociabilidade e à segurança nas cidades. Todas as vezes que surgem iniciativas de terceiros, com este mesmo objetivo, bato palmas para elas.

Os bares e restaurantes são ativadores da vida urbana. E a vida urbana é ativadora dos bares e restaurantes. Há aí uma estreita e benfazeja relação de causa e efeito, de retroalimentação fora do lar. Saímos dos nossos iglus e casulos para nos abraçarmos coletivamente.

Que este entrelaçamento seja cada vez maior. Faz bem à sociedade, faz bem aos negócios. Se quisermos sobreviver, crescer e conquistar melhor qualidade de vida, temos de jogar na lata de lixo a ganância, a vontade de tudo querer controlar.

Vamos ser mais recompensados quanto mais compartilharmos. Cada um terá uma parte maior quanto
maior for a soma.

Eis o lema da Abrasel: vamos, juntos, criar valores para todos.

Paulo Solmucci

Paulo Solmucci

Paulo Solmucci - Presidente da ABRASEL (Associação brasileira de bares e restaurantes).

Anterior

Body

Próximo

Lutador de Sumô