DestaquesLucas Machado

Musica Mineira

Musica Mineira

Musica Mineira

Por Lucas Machado

A música mineira tem por excelência o reconhecimento em todos os âmbitos nacionais. São muitas histórias e causos, que repercutiram entre muitos amantes do “Clube da Esquina” construído por diversos músicos que entraram para a história.

Temos o museu do Clube da esquina, que possui um acervo pessoal e inenarrável além de depoimentos e fotos pessoais. Numa ideia brilhante que saiu da parceria construída entre a associação dos amigos do Clube da Esquina e o museu da pessoa.net.

E agora em mais uma iniciativa que sai do papel o músico Tadeu Franco, não poderíamos deixar de expressar a nossa tamanha alegria, na Brilhante iniciativa o músico traz a ideia de um portal de memórias da Musica mineira. O portal “memoriadamusicamineira.com.br”.

Acariciado e congratulado pela lei de incentivo a Cultura de Belo Horizonte. O lançamento oficial do Site será nessa segunda-feira em memória da nossa música on-line para o mundo. Onde o Músico Tadeu Franco convida para o coquetel de lançamento.

Data: 03/ de outubro (Segunda-feira)

Local: Hotel Ramada Ecore Virgínia Luxemburgo

Horário: A parir da 20:00 Horas

Entrada: Franca

Sobre Tadeu Franco:

Tadeu Franco traz em sua bagagem profissional a gravação de três discos: “Cativante” (Ariola – 1984), “Alma Animal” (independente – 1990) lançado na França pelo Selo Paixão Brasil, e “Orlando” (Velas – 1995).

Participou de diversos programas de televisão dentre os quais destacam-se “Fantástico”, “Som Brasil”, Especiais de Milton Nascimento (Rede Globo), “Empório Brasileiro” (TV Bandeirantes) e um Especial de Fim de Ano da TV Manchete. Apresentou no CBH- Canal 30 o programa “Tadeu Franco e Cia”. “Especial Rede Minas”.

Geraldo Tadeu Pereira Franca, filho de Didico de Sousa Franca e de Esmeraldina Rodrigues Franca, funcionários dos Correios e Telégrafos, nasce no dia 19 de agosto de 1957, na cidade de Itaobim, Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, Brasil.

Aos cinco anos de idade muda para Teófilo Otoni, onde permanece até 1978. Em sua terra de criação, o garoto canta em aniversário de amigos sob protestos do pai que o considera muito moço para tais apresentações.

Aos dez anos ganha um acordeão, mas não toca o instrumento, prefere o violão, que até hoje o acompanha.

Saiba mais do Hotel Ramada Virgínia Luxemburgo:

Hotel Cultural

Iron Biker Brasil 2016

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

Identidade

Próximo

Creme brulée de doce de leite