DestaquesDestrinchando

Mona lisa: O retrato mais famoso do ocidente

Mona lisa: O retrato mais famoso do ocidente

Destrinchando

Mona Lisa, também conhecida como senhora Lisa, é a mais notável e conhecida obra-prima de Leonardo da Vinci, um dos mais eminentes homens do Renascimento . Também conhecida como La Giocondo, ela era mulher de Francesco del Giocondo, um rico comerciante de Florença. A pintura foi iniciada por da Vinci em 1503 e acabou sendo concluída somente em 1506. Apesar de ser uma tela pequena, com apenas 77 cm por 53 cm, Mona Lisa chama a atenção dos espectadores pelo seu sorriso enigmático. Pintada a óleo sobre madeira, a imagem é um símbolo renascentista. A tela chama a atenção pela naturalidade com que a protagonista foi representada. A mulher, ficou imortalizada naquele que talvez seja o retrato mais celebrado da pintura ocidental.

A técnica utilizada foi o sfumato, criada pelos primitivos flamengos, mais tarde aperfeiçoada por Leonardo da Vinci, consiste em criar gradações de luz e sombra que diluem as linhas dos contornos do horizonte e foi empregada especialmente nos cantos da boca e nos arredores dos olhos da pintura. Sendo assim, é quase impossível desvendar a verdadeira expressão da modelo.

No quadro a modelo encontra-se centralizada na tela onde podemos observá-la de meio corpo (busto) e ao fundo em segundo plano há uma paisagem distante. O primeiro e segundo planos se complementam e se harmonizam entre formas e cores. Para compor a obra, Da Vinci usou uma composição em forma de triângulo onde as mãos da modelo formam a base piramidal e a cabeça forma o topo, e a mesma luz é refletida nas mãos, no pescoço e no rosto.

O sorriso de interpretação duvidosa é atualmente motivo de grande mistério. O sorriso de Mona Lisa já foi interpretado como inocente, triste, sensual, pretensioso entre outros, recentemente cálculos realizados em programas computacionais na Holanda, descreveram o sorriso como 83% feliz. Feita há mais de 500 anos, Mona Lisa é a máxima expressão da popularização de uma obra de arte, adquirindo um status de ícone cultural. Atualmente o quadro encontra-se no museu do Louvre, em Paris.

Leia mais:

Câncer de pele no rosto

Rachel Capucio

Rachel Capucio

Rachel Capucio de Paula e Silva é advogada, graduada pelo Centro Universitário de Belo Horizonte(UNI-BH), pós-graduada em Direito do Estado (Universidade Anhanguera/Uniderp) e em Ciências Criminais ( Faculdade de Direito Padre Arnaldo Janssen).

Anterior

Jaleco médico é questão importante de saúde pública

Próximo

Acelera profissional: curso de mkt e vendas