DestaquesThiago Chiericatti

Molho Amatriciana

Molho Amatriciana

Molho Matriciana

Por Thiago Chiericatti

Nesta madrugada fomos surpreendidos com o terremoto que devastou a província de matriciana , centro da Itália.

Já subiu para 39 o número de mortos no terremoto de 6 graus na escala Richter na madrugada desta quarta-feira (24/08).

Do total, 29 se dividem entre as cidades de Amatrice e Accumoli, no Lazio, e 10 são de Arquata del Tronto, em Marcas. As informações são da Agência Ansa.

Um dos roteiros mais visitados pelos turistas que procuram este tipo de experiência é a Itália. Famoso pelas suas pastas e vinhos, o país reúne diversas rotas gastronômicas e é berço de um importante e delicioso erro gastronômico. Isto mesmo!

Um delicioso equívoco, sobre a origem do famoso molho à Matriciana. Produzido, originalmente, com pequenos cubos de bochechas de porco defumado à lenha, sal, pimenta, azeite, vinho branco e pecorino di amatrice (queijo de ovelha), até hoje causa discórdia entre os mais renomados chefs de cozinha quanto à sua criação.

Parte deles, afirma que a receita é originária da cidade de Amatriciana, na região do Lazio, na Itália. Teria surgido pelas mãos dos camponeses da região, que, pressionados pela crise econômica rural, se mudaram para capital, Roma, onde passaram a trabalhar nos restaurantes, devido à fama de ótimos cozinheiros e levaram consigo a receita do molho. Na capital, o prato ganhou tomates e cebolas e se tornou uma especialidade regional.

Thiago Chiericatti

Thiago Chiericatti

Thiago Chiericatti já esteve a frente de grandes restaurantes em Belo Horizonte e na Itália. Passando pelo restaurante topo do mundo, Vila Floriano e o respeitado Giussepe Trattoria em Milão. O chef Chiericatti está em grande evidencia no mercado da gastronomia por sempre ser ousado em arriscar novas receitas.

Anterior

Aglomerado da Serra

Próximo

Concurso de Talentos