DestaquesDestrinchando

MODA sustentável

MODA sustentável

Destrinchando

Por Rachel Capucio

O mercado da moda é caracterizado pelo curto ciclo de vida dos produtos, pois a cada estação novas peças são apresentadas, fazendo com que os produtos da estação anterior, estando ou não bem conservados, sejam descartados por não estarem mais “na moda”.

A moda sustentável, também conhecida como eco fashion, tem como objetivo definir metodologias e processos na cadeia de produção que não sejam prejudiciais ao meio ambiente.

A indústria da moda é uma das que mais poluem o meio ambiente, desde a etapa de fabricação dos produtos até o seu descarte. Surgiu então a necessidade de buscar alternativas para que esse setor continue produzindo, mas sem agredir a natureza.

A escolha das matérias-primas é um ponto de partida para a preservação do ecossistema. As práticas mais comumente associadas à moda sustentável são:

* Fabricação com fibras orgânicas, algumas vezes certificadas por organizações internacionais como GOTS ou USDA

*Fabricação com tecidos mais eco-friendly, como linho ou bambu (que precisam de menos produtos químicos e/ou água para crescer)

* Corantes de origem natural

*Uso de tecidos descartados

*Upcycling de materiais usados

*Produção com tecidos reciclados

*Uso de colas menos tóxicas

*Roupas feitas para terem um longo ciclo de uso

Outra prática importante para integrar moda e sustentabilidade é priorizar a produção em pequena escala e não a produção em massa, na qual ocorre a produção de uma grande quantidade de peças geralmente de baixa qualidade.

Infelizmente os consumidores enfrentam algumas dificuldades para adquirir peças sustentáveis, principalmente pelos preços, que geralmente são elevados, pela oferta limitada de peças e porque muitas vezes os produtos são pouco atraentes.

Sendo assim, o consumidor consciente, além de valorizar e optar por peças produzidas de forma sustentável, deve adotar outras atitudes importantes, como: comprar menos, investir em peças duráveis, consertar peças danificadas, doar, trocar, compartilhar e customizar peças.

O meio ambiente agradece !

Rachel Capucio

Rachel Capucio

Rachel Capucio de Paula e Silva é advogada, graduada pelo Centro Universitário de Belo Horizonte(UNI-BH), pós-graduada em Direito do Estado (Universidade Anhanguera/Uniderp) e em Ciências Criminais ( Faculdade de Direito Padre Arnaldo Janssen).

Anterior

Lipoaspiração riscos

Próximo

Receitas Fit fáceis de fazer para o dia a dia