DestaquesDestrinchando

Meditou hoje

Meditou hoje

Meditou hoje 1

Destrinchando

Adotada por algumas religiões, a meditação pode ser definida como uma prática de concentração e respiração, visando alcançar um estado específico de clareza mental e emocional. Seus benefícios são sempre anunciados por quem pratica com regularidade. A meditação aquieta a mente, traz autoconhecimento, leva até à fé ou serve para chegar ao caminho da tranquilidade.

Nada mais é, do que parar por um momento, no meio desse turbilhão de informações e emoções, olhar para si, respirar, oxigenar o cérebro, reorganizar os sentimentos, se situar no espaço e reconhecer o seu lugar. É relaxar.

Por isso, vários cientistas têm se dedicado ao estudar seus efeitos neurológicos, em busca de evidências práticas que muitos usuários revelam sentir ao meditar. E não é que a técnica tem mesmo efeitos sobre a atividade cerebral?

Um recente estudo conduzido por um instituto alemão, liderado pela neurocientista Veronika Engert, descobriu que diferentes tipos de meditação são capazes de atuar em distintas partes do cérebro. Foram recrutados 300 voluntários não-praticantes e cada um deles foi desafiado a meditar de diferentes formas seis vezes por semana, em sessões de 30 minutos, por nome meses.

O resultado foi comprovado a partir de ressonâncias magnéticas no começo e fim de cada período para comparar as atividades cerebrais. Na primeira parte do estudo, os participantes mostraram mudanças na espessura do córtex pré-frontal e do córtex cingulado anterior, partes do cérebro conhecidas pelo vínculo a atenção e a tomada de decisões.

Conforme o tempo foi passando, foi mostrado alterações no sistema límbico, responsável pelas emoções e comportamentos sociais.

De acordo com Veronika, essas descobertas podem auxiliar pesquisas futuras na busca por treinamentos mentais que sem dúvida alguma fortalecem o sistema emocional e ajudam as pessoas a melhorarem sua qualidade de vida em áreas específicas.

E você, já meditou hoje?

Leia mais:

 

Fone de ouvido telepatia

Destrinchando

Destrinchando

Estar na moda
Anterior

Estar na moda

UniBH recebe Toni Garrido 2
Próximo

UniBH recebe Toni Garrido