DestaquesDestrinchando

Materiais descartados

Materiais descartados

Materiais descartados

Destrinchando

Por Lucas Machado

Reaproveitar e transformar materiais descartáveis ajuda a natureza a respirar. Confira:

Precisamos assumir que o novo é mais do que necessário, mais isso não significa que o novo é o se compra na loja embaladinho e engomadinho.

No guarda-roupas por exemplo, é muito difícil para mim desapegar de peças velhas, muito mais do que várias peças novas, aquelas que inclusive você nunca usou e provavelmente não irá usar.

Quando falamos de roupas o fato é que ao longo dos anos precisamos, querendo ou não de peças novas. Não só por necessidade mas por variações no nosso corpo e na nossa vida.

Desculpa o trocadilho, mas isso não significa necessariamente gerar algo novo é gerar mais impacto no meio ambiente. Reaproveitar, reciclar e transformar são movimentos cada vez mais na moda e isso é “ótemo”.

Um exemplo de reaproveitamento que resolvi utilizar nessa matéria são jaquetas criadas, com pipas de kite surf. Na média geral uma pipa consegue render 300 horas de voo com extrema segurança, isso é dependendo da marca, em compensação gasta 300 anos para a decomposição.

Em vez de ir para o lixo, ela pode ser transformada em diversas coisas, economizando recursos. Assim como as pipas do Kite, existem vários outros produtos que podem ser reciclados e reaproveitados.

Devemos procurar novas soluções que vão além dos copos de plástico. O mundo pede ajuda pois a natureza pede socorro para o seu pulmão respirar. Afinal já gastamos em todo esse ano o que podíamos em relação aos recursos naturais e estamos apenas em agosto.

Leia mais:

 

Destrinchando

Destrinchando

Maturidade emocional
Anterior

Maturidade emocional

5 maiores skatistas brasileiros na internet 3
Próximo

5 maiores skatistas brasileiros na internet