DestaquesDestrinchandoSem categoria

Marketing Sensorial

Marketing Sensorial

Destrinchando

Por Lucas Machado

Os salões de negócio ainda são uma saída para a moda, principalmente masculina que tem raríssimos eventos específicos, voltado para homens tem que ser colocado sempre no bolo.

O contato direto entre varejista e lojista – é a melhor maneira de conquistar clientes. A moda vive um momento único, no qual a excelência produtiva pode extrapolar as anotações dos produtores criativos e avançar para outras áreas – da confecção ao varejo.

Não importando o tamanho do negócio: o mercado contemporâneo não permite que se trabalhe com margens ínfimas de erro. Controlar seu estoque e manter sua estrutura se torna um ato de heroísmo que muitas vezes não contam com uma Gran Finale.

Para evitar riscos vai algumas dicas: A intuição e experimentação são termos do passado. Entretanto organizar e gerir são as palavras de ordem.

Para alinhar e ajudar nessa missão que passa a ser muito difícil em épocas sem previsões. Os salões tem que ter como premissa básica por em prática e eficácia a lógica do custo/benefício. Ou seja, criar um intercâmbio comercial entre os expositores e compradores com a vantagem de otimização do tempo e recursos, para proporcionar que todos ao mesmo tempo, possam ver os produtos expostos.

Dentro de um único espaço, são realizadas vendas, agregados de novos clientes, introdução de lançamentos, distribuidores ou investidores.

O que deve ser levado em consideração é se realmente a feira traz resultado, quanto tempo ela funciona, se as marcas que estão sendo colocadas condizem com o seu produto se isso é do seu interesse. E que um bom produto representa muito, mas mesmo assim, deve estar em perfeita sintonia com o todo para ter a devida apreciação – pois não temos como negar, que o consumo hoje em dia também é realizado e avaliado de forma sensorial.

Leia mais:

BRI Fashion Week

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

BRI Fashion Week

Próximo

Suicídio entre jovens