DestaquesDestrinchando

Marca mineira de moveis infantis tem por trás criadoras que já rodaram o mundo

Marca mineira de moveis infantis tem por trás criadoras que já rodaram o mundo

Destrinchando

Amigas de infância que se conheceram em Aracaju se reencontram e criam juntas negócio inovador

Os pais de Andrea e Joana trabalhavam juntos em Aracaju (SE) e se tornaram grandes amigos, por isso, as duas meninas se conheceram antes mesmo de nascer, quando ainda estavam na barriga das mães. Esse laço se manteve estreito ao longo dos anos, mesmo quando elas tomaram rumos diferentes. Cada uma traçou sua trajetória, com suas carreiras, viagens e mudanças para distintos países, mas o destino acabou por uni-las novamente em Minas Gerais, estado onde ambas têm família. Aqui, juntaram seus conhecimentos e vivências para criar a marca de móveis infantis, a Miúda Mobília.

Joana do Vale Dourado mudou-se para Belo Horizonte em 2000 e, depois, viveu por um período de 7 anos em Portugal, onde formou-se em arquitetura pela Universidade de Coimbra. Na carreira, tem passagens por escritórios de arquitetura tanto na Europa (Lisboa, Espanha, Noruega) como no Brasil. Quando retornou a Belo Horizonte, sentiu o ímpeto de se aproximar mais da área do design, que sempre esteve presente na sua vida. Durante seu período na europa, visitando lojas e museus, o interesse começou a ganhar mais força, além disso, Joana conta:  “Nos escritórios onde trabalhei, participei de vários projetos que envolviam desenho de mobiliário sob medida, onde pude conhecer mais sobre materiais e técnicas e ter contato com mão de obra especializada, sobretudo marceneiros”. Foi por causa disso que decidiu fazer seu mestrado na Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) com foco em design de móveis, estudando o designer referência Joaquim Tenreiro.

Apesar do design de móveis já ser um interesse presente em sua vida, o nicho infantil só veio aparecer depois do nascimento de sua filha Helena, em 2015. Joana desenhou uma cômoda para o quarto da bebê e a peça acabou fazendo muito sucesso, foi aí que ela percebeu uma brecha no mercado para  móveis infantis um pouco fora do padrão. A partir dessa constatação, nasce a ideia do Miúda e Joana decide chamar Andrea para começar a se aventurar pelo mundo do empreendedorismo.

Um ano antes de Joana se mudar para Belo Horizonte, Andrea Machado Dutra já havia chegado à cidade, em 1999. Na faculdade, ela cursou Design de Produto, com um percurso bastante diversificado: “Durante o curso, participei de projetos em diversas áreas, de automóveis, passando por mobiliário inclusivo a indústria calçadista”, conta Andrea. Um pouco depois de sua graduação, percebe que o mercado de trabalho para sua área ainda era muito reduzido em Belo Horizonte e decide mudar-se para São Paulo, onde trabalhou por alguns de anos com marketing imobiliário. As mudanças não pararam por aí: em 2008, ela vai morar no Rio de Janeiro, onde trabalhou no departamento de produto em uma gráfica; em 2011 realiza um sonho antigo indo para os Estado Unidos estudar fotografia e, por fim, retorna ao Rio.

Durante esses anos, seu interesse pelo design de móveis infantis foi aguçado por uma experiência de voluntariado em um projeto com foco em design inclusivo, Andrea conta um pouco sobre a experiência: “O objetivo era a criação de mobiliário infantil para crianças com necessidades especiais utilizando os preceitos de Design Universal. Foi um projeto muito rico, que envolvia muita ergonomia e observação da forma como as pessoas se relacionam com os objetos, e consequentemente educa o seu olhar na hora de criar novos produtos.”

Em 2015, Andrea sinaliza seu retorno à Belo Horizonte e recebe o convite de Joana. E, assim, essas duas mulheres que têm trajetórias com tantas convergências e divergências se unem mais uma vez, só que agora com um propósito comum: a Miúda Mobília. Para Joana e Andrea, o objetivo da marca é criar produtos atemporais, pensados para acompanhar o crescimento da criança e permanecer por mais tempo na casa, fazendo parte da história da família.

https://www.instagram.com/miudamobilia

Leia mais:

Saiba como usar e quais são os modelos de bermudas masculinas. Por Lucas Machado

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

Exposição da artista carioca Ursula Tautz

Próximo

Carlinhos Brown e OSMG celebram a música popular brasileira