EntrevistasLucas Machado

”Turco-Louco” Cavaleira

”Turco-Louco” Cavaleira

Por Lucas Machado

Turco – Louco (Fotos Divulgação)

Publicação: abril – 2009

Jornal Estado De Minas

“Crise para mim é sem o ‘s’, crie”.

''Turco-Louco'' Cavaleira

Pinheiros, São Paulo, fábrica da Cavalera. Conversamos com Alberto Hiar, o Turco-Loco, proprietário da grife Cavalera. Começamos perguntando sobre o apelido e ele já dispara,” faço e continuarei fazendo a loucura do bem”. Gosto de coisas diferentes. ‘’Sou louco por praia, por uma puta manobra no skate, surf e na minha paixão que é snowboarding. Faço meu protesto é com uma guitarra, rock’n Roll e com a minha moda, dentro e fora das passarelas. Se loucura é abraçar uma árvore e não derrubar, fazer um desfile no rio Tietê, e mostrar que tudo aquilo faz parte do caos urbano, então eu sou louco, né, meu.”

Diante dos escândalos na política, o ex-vereador da capital paulista e ex-deputado estadual acredita que fez sua parte. —Nos meus mandatos foram construídas o maior numero de pistas de skate em SP. Apoiei a realização de diversos campeonatos de Surf e Skate em todo o estado a formação de Associações com a finalidade de fortalecer e unificar os esportes que não tinham uma verdadeira liderança, que tivesse a boa intenção e fizesse com amor, nunca se investiu tanto em esportes alternativos.’‘Os políticos passaram a perceber que o jovem também tem direitos de cidadão, alguns claro.”

Apesar das transformações na moda, o empresário conta que a Cavalera, dez anos depois, de sua criação, mantém forte no mercado agora com o slogan “Humor com Amor-, comunicando com o público de uma maneira irreverente. “A marca é jovem, contestadora e política. Faz parte da minha história. Crise para mim é sem o ‘s’, crie.”.

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Celton
Anterior

Celton

Próximo

Ceviche