Destrinchando

Londres

Londres

O Marketing inglês contra a crise!

Que o turismo é uma das maiores indústrias do mundo isso todo mundo já sabe! Responsável hoje por quase 10% do PIB da França e da Espanha e quase o mesmo percentual na mão de obra dos dois países segundo a Organização Mundial de Turismo (OMT), os espertos ingleses trataram de fomentar a indústria e apostar em uma gigantesca campanha de Marketing  e eventos que bombaram o turismo na Inglaterra em 2015!

Chegando em Londres logo vi a diferença para o resto da Europa: imigração! Mesmo vindo de um país da Europa, você é obrigado a passar novamente pela imigração. Mesmo sem precisar de visto, os “brazucas” são sabatinados, isso porque o Reino Unido não faz parte do Tratado Schengen que determina a livre fronteira entre os países da comunidade europeia.

O terminal T5 do aeroporto de Londres é fantástico, um luxo, sem falar na grandiosidade que gera conforto e qualidade aos usuários.

Londres

A crise na Europa atualmente fez com que os inteligentes ingleses tomassem ações rápidas para aliviar o problema no “UK”, trataram de iniciar uma série de eventos para fomentar a economia. O jubileu da rainha, por exemplo, deveria ser uma simples comemoração dos ingleses, que nada! Trataram de convidar os maiores nomes da música inglesa e dar início a uma comemoração de quase seis meses por todo Reino Unido para os súditos ingleses e turistas, com shows ao ar livre em várias praças e parques. Com os anúncios dos eventos, foi dado o pontapé para a sequencia de mega eventos e milhares de turistas invadiram o Reino Unido para ver os shows e desfiles que aconteceriam no período.

Diamond Jubille Concert, Buckingham Palace, London.

Londres - Inglaterra - Viagem (7)

O luxo e o glamour despertaram a criatividade e o trabalho de todos os maiores estilistas no mundo, muito mais que em uma semana de moda em Paris ou em Milão: o casamento de Willian e Kate era um desfile só!

Londres - Inglaterra - Viagem (2)

Dizem os experts em marketing que até a data do casamento foi programada para dar sequencia às comemorações e colocarem evidência a Inglaterra! Evento transmitido ao vivo para milhões de pessoas mostrava as roupas onde todos da moda queriam mostrar seus trabalhos.

Londres - Inglaterra - Viagem (3)

Completando o calendário de eventos, as Olimpíadas! 204 países e territórios em busca de medalhas e que contou com alguns números bem curiosos (claro, os ingleses não podiam fazer uma olimpíada normal!).

Contou com as primeiras atletas da Arábia Saudita, com o primeiro amputado correndo com atletas sem deficiência, o mais velho atleta a competir, com 72 anos, e o centro de imprensa para 20.000 jornalistas. Um bilhão de telespectadores!

Londres - Inglaterra - Viagem (4)

Uma das maiores curiosidades na Inglaterra é que os principais museus e galerias não cobram entrada. É o caso de um dos melhores do mundo, o The British Museum, que conta com uma das principais peças datada do ano de196 A.C., a pedra egípcia, que tem escrito um decreto em três línguas: texto em hieróglifos egípcios, a segunda na escrita despótica egípcia, e a terceira em grego antigo. É parte de um grande monumento nunca descoberto, porém seu valor arqueológico é gigantesco.

Londres - Inglaterra - Viagem (5)

A National Gallery está localizada na Trafalgar Square, também com entrada gratuita, e possui um acervo de 2300 pinturas  de artistas como Leonardo Da Vinci, Bitticelli, Caravaggio, Rembrandt  Picasso e outros. Está aberta diariamente de 10h até 18h.

Ao contrário da França, que tem uma gastronomia maravilhosa, os ingleses tem uma cultura fantástica de peças de teatros e musicais para todos os gostos. Hoje em cartaz podemos ver  We Will Rock You, Phantom of the Opera, The Lion King, Mamma Mia, entre outras 50 peças.

Uma maravilha para os que gostam!

Bem perto dali está outra atração de Londres, a famosa e pioneira roda gigante London Eye,  em Minster Court, às margens do rio Tamisa. Entradas: £18,00.

Outro ponto muito importante é London Tower, um patrimônio mundial da UNESCO, também às margens do Tamisa Muito legal o passeio porque ali está o museu com as armaduras antigas da cavalaria real, as joias da rainha e as armas antigas do reino. Antigamente o local foi uma prisão que tinha presos com alto status e dissidentes religiosos .

Camden Town é um distrito imperdível, local da moda alternativa, música e tatoo. São cinco os mercados, Camden Lock,  Buck Market StreetStables Market (mercado dos estábulos), Camden Lock Village e um mercado coberto no Electric Ballroom. Os mercados são uma grande atração turística nos fim de semana, vendendo bens de todos os tipos, incluindo moda para estilo de vida diferentes, livros, comida, antiguidades, velharias e itens mais bizarros.

E em Londres também que está localizado o meridiano de Greenwich que determina a hora zero e divide a terra em duas!

 

Dicas de viagem:

– Vôos: duas empresas voam diretamente a Londres.

– Documentos: passaporte válido por 6 meses.

– Seguro: nunca vá sem um seguro de viagens.

– Moeda: Libra ou Pounds. Cartões de crédito e traveller checks são bem aceitos.

– Roupas:de outubro a março faz muito frio,de maio a setembro o tempo é bom. Londres está em ilha e tem um clima bem diferente. Sempre chove e é frio.

– Comida não deixe de comer os famosos fish and chips, tradicional prato inglês.

– Cultura: o povo londrino é bastante cordial e prestativo, adoram um “pub”,

– Segurança: é um país seguro, mesmo sem armas a polícia é muito respeitada e dura com os crimes.

– Voltagem: 127 v

– Clima: evite outubro a março, faz muito frio.

 

 

 

Destrinchando

Destrinchando

Anterior

O Comando voltou

Sandro Dias
Próximo

Sandro Dias