DestaquesDestrinchandoLucas Machado

Valentino vendida

Valentino vendida.

Valentino vendida

Valentino

Por Lucas Machado

“A grife, que tem Pier Paolo Piccioli e Maria Grazia Chiuri como diretores criativos desde 2008, pertencia ao grupo britânico Permira desde 2007. No último ano, a marca registrou um crescimento de 23%, pelo que, de acordo com a imprensa internacional, os novos investidores estavam dispostos a pagar mais de 400 milhões de euros. Especula-se ainda o verdadeiro valor, a verdade é que a marca se tonou muito famosa no Oriente Médio o que chamou a atenção de investidores.

Valentino Clemente Ludovico Garavani o precursor da Grife de Alta-costura, nasceu em 1932, em Voghera ao norte de Milão, na Itália. Desde criança já se interessava por desenhar figurinos para o cinema, sua grande paixão. Estudou na França, trabalhou com Guy Laroche e Jean Deses. Em 1959, abriu seu primeiro estúdio em Roma, no renomado endereço da Via Condotti. Três anos mais tarde, sua primeira coleção estreou no desfile

Desde então seu logotipo em ‘V’ ganhou o mundo, tornando-se uma das marcas mais famosas e conhecidas do planeta. No ano de 1967, lançou a coleção denominada Valentino’s White, onde o famoso “V” apareceu pela primeira vez. Na década de 60, várias estrelas de Hollywood descobriram a moda da marca, impulsionando-a para sua expansão internacional”.

É isso aí, as grifes europeias estão cada vez mais ganhando o mundo e saindo das mãos dos seus verdadeiros criadores. Aqui no Brasil não está sendo diferente, marcas vão sendo compradas por grandes grupos. Na minha visão um dos maiores motivos é a facilidade de marcas estrangeiras entrarem no Brasil e a dificuldade que as brasileiras enfrentam para venderem fora.

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

Receita de prato completo

Próximo

Cinquentinha na moda