DestaquesDestrinchando

Inovação e competição podem reduzir custos bancários

Inovação e competição podem reduzir custos bancários

Inovação e competição podem reduzir custos bancários 1

Foto: Danilo Viegas

 

Destrinchando

Presidente da Unecs e da Abrasel está entre os convidados para o debate

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) promove uma audiência pública nesta terça-feira (20), às 10h, para debater como a inovação e a competição podem ajudar a reduzir os custos da intermediação financeira.

Para a audiência, estão convidados o presidente da Associação Brasileira de Instituições de Pagamentos (Abipag), Augusto Lins, e o chefe de Inovação da empresa Stone+, Raphael Guarilha. O presidente da Unecs e da Abrasel, Paulo Solmucci, a economista Ana Carla Abrão, sócia da consultoria Olyver Wyman, e o advogado Ênio Meinen, representante da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), completam a lista de convidados.

A audiência é uma sugestão do senador Armando Monteiro (PTB-PE). Ele lembra que, desde outubro de 2016, a taxa Selic caiu de 14% para 6,75% ao ano. Esse cenário, segundo o senador, mostra-se favorável “para se avançar numa agenda de redução dos spreads bancários, que são os custos e margens de intermediação financeira.

Segundo Paulo Solmucci, a verticalização de bancos/adquirência/bandeiras tem reduzido o avanço da competição e preservado custos mais altos na indústria. Este efeito tem permitido que os grandes grupos econômicos aloquem custos e receitas em detrimentos dos benefícios que a competição traz ao varejo. Além disso, a interferência do setor bancário nos meios de pagamento limita a competição no mercado de crédito, especialmente nas operações com garantias em recebíveis de cartão.

Para Armando Monteiro, uma das mais importantes dimensões dessa agenda reside nos mecanismos que induzam o aumento da competição e da inovação no mercado de intermediação financeira. Ele destaca que a audiência pública tem como objetivo “compreender a dimensão e o potencial dessas inovações tecnológicas, tendo como norte estabelecer marcos regulatórios que possibilitem o aumento da concorrência no mercado de crédito por aumento da oferta de recursos para o cidadão e os pequenos empreendedores”.

Confira o vídeo da fala do Presidente:

Leia mais:

UFMG e Fundação Dom Cabral

BEM SUCEDIDO

Destrinchando

Destrinchando

Quietude
Anterior

Quietude

Conceito Squad Breitling 6
Próximo

Conceito Squad Breitling