DestaquesDestrinchando

Grind Girls na Formula 1

  Grind Girls na Formula 1

Mulheres na Formula 1

Foto: Divulgação

Destrinchando

A fórmula 1 desde o ano passado começou com diversas mudanças com a finalidade de resgatar o público que vem perdendo ao longo dos tempos e atingir um novo espaço incluindo o universo online.

Foram implementados vários testes em 2017 e alguns deles já são uma realidade em 2018, outros são novidades. Uma delas que esta causando muita polêmica é o fim das “Grind Girls“.

Mulheres bonitas e carros é uma combinação vamos dizer mais que perfeita é mitológica. Funciona nas lutas, no futebol Americano, enfim é um atrativo para vários esportes. Existem muitos deles que nem conseguimos imaginar que funcionem sem a presença feminina no bom sentido da palavra. Mas por essa ninguém esperava. Foi realmente uma surpresa.

“Há uma grande ênfase no digital, como sabemos, mas o ano passado tratou-se de fazer testes. Para este ano, há produtos em vigor, como um novo aplicativo da F1, plataforma de streaming. Afirma, Sean Bratches, diretor responsável pelas mudanças.

A decisão da Fórmula 1 foi aplaudida pelo ‘Women’s Sport Trust’ uma instituição de caridade que procura dar mais visibilidade e fomentar o impacto do desporto feminino.

 Ainda sobre as Grind Girls. “não faz parte dos valores da marca, além de ser questionável com as normas sociais modernas, não acreditamos que esta prática seja apropriada ou relevante para a Fórmula 1 e seus fãs, antigos e novos, em todo o mundo”. Bate com força o diretor.
É desse jeito. Ver para uns, trabalho para outros, só não pode pegar sem permissão né irmazim.

Leia mais:

Noite de Cristal Azul

Churchill

Destrinchando

Destrinchando

Transformação nas escolas Brasileiras 4
Anterior

Transformação nas escolas Brasileiras

Homens emagrecem mais fácil
Próximo

Homens emagrecem mais fácil