DestaquesDestrinchando

Fundação de Educação Artística realiza “32ª Semana de Música de Câmara

Fundação de Educação Artística realiza “32ª Semana de Música de Câmara

Foto: Rafael Motta

Destrinchando

32ª SEMANA DE MÚSICA DE CÂMARA

Belo Horizonte, 8 a 15 de setembro de 2019

 

Fundação de Educação Artística abre inscrições para master classes e anuncia a programação de concertos

 

Evento é realizado semestralmente há 16 anos ininterruptos e tem foco na formação e profissionalização do músico. Inscrições para as master classes já estão abertas e podem ser feitas em sua sede.

 

Começou ontem, 8 de setembro, na Fundação de Educação Artística (FEA-BH), a 32ª Semana de Música de Câmara. O evento, que é internacional desde a sua origem em 2004, acontece inteiramente na FEA-BH e se estenderá até o próximo domingo, dia 15 de setembro. Serão realizados master classes e quatro concertos, além de ensaios abertos da Orquestra Experimental formada pelos alunos e músicos participantes do evento.

 

As master classes tem como professores o alemão Götz Hartmann (violino), a argentina Mirta Herrera (piano), a norteamericana Elise Pittenger (violoncelo) e o brasileiro João Carlos Ferreira (viola). As inscrições continuam abertas e podem ser feitas na FEA-BH, localizada na Rua Gonçalves Dias, 320, Funcionários. As taxas de participação são as seguintes: R$90,00 para estudantes; R$180,00 para grupos de câmara e profissionais; e R$25,00 para ouvintes.

 

O concerto de abertura aconteceu ontem, dia 8, na Sala Sergio Magnani, onde também ocorrerão todos os demais concertos. Esse concerto teve um programa especial em homenagem a Villa-Lobos. Participaram os músicos Alice Árabe (soprano), Ayran Nicodemo (violino) e Maria Helena de Andrade (piano).

 

Na quarta-feira, dia 11 de setembro, às 21h, apresenta-se o Quarteto Guignard, com obras relevantes do repertório camerístico – Quartetos de Samuel Barber e Maurice Ravel. O quarteto é formado pelos músicos Joanna Bello e Rodrigo Bustamante (violinos), Gerry Varona (viola) e Camila Ribeiro (cello).

 

Já no sábado, dia 14 de setembro, às 11h, será a vez da Orquestra Experimental, com a participação  especial do barítono Eladio Pérez-González e dos grupos de câmara. Esse concerto terá entrada franca e apresentará no programa obras de Dvorák, Calimério Soares, dentre outros.

 

Encerra a programação o concerto com os professores Götz Hartmann (violino), Mirta Herrera (piano) e Elise Pittenger (violoncelo), interpretando obras de Bach, Brahms e Schumann. Esse concerto será no domingo, dia 15 de setembro, às 11h.

 

Todos os concertos, exceto o da Orquestra Experimental  (entrada franca), terão ingressos a preços promocionais de R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia-entrada).

 

A 32ª Semana de Música de Câmara é um evento realizado ininterruptamente pela Fundação de Educação Artística há 16 anos, contando desde a sua primeira edição, com o patrocínio do BDMG Cultural (https://www.bdmgcultural.mg.gov.br/). Neste ano, o evento é correalizado pela APPA – Arte e Cultura (https://appa.art.br/).

 

Foco pedagógico

Segundo Berenice Menegale, diretora e fundadora da FEA-BH, o foco das Semanas de Música de Câmara sempre foi predominantemente o pedagógico, não apenas relativo ao próprio ensino da música, mas, também, o exercício do profissionalismo e de como encarar o profissionalismo na música.

 

“Alguns alunos que passaram pelas nossas semanas foram incentivados a estudar no exterior, especialmente na Europa. Depois, com essa bagagem e talento, tornaram-se músicos profissionais, com vários atuando em filarmônicas e sinfônicas de todo o Brasil”, avalia Berenice.

 

Ela lembra que a FEA-BH foi pioneira em incentivar a música de cordas e de câmara, e conta com orgulho como tudo começou. “Marcio Carneiro, hoje um violoncelista de renome mundial, era apenas um jovem estudante de música quando veio do Rio de Janeiro para o Festival de Inverno da UFMG”. O ano era 1970 e ele se destacou, merecendo a recomendação para ganhar uma bolsa na Alemanha.

 

Mirta Herrera, pianista com grande atuação na Europa, foi bolsista no Festival de Inverno, no mesmo ano. Eles se conheceram em Ouro Preto/MG e, mais tarde, encontraram-se na Europa e, juntamente com o violinista Götz Hartmann, que fazia duo com Mirta, criaram um evento para o desenvolvimento da música de cordas e câmara no Brasil e ofereceram o evento já formatado à FEA-BH. “Foi mais ou menos assim: vamos fazer, Berenice? Eu topei e, assim, em outubro de 2004, nasceu, dentro da FEA, a 1ª Semana de Música de Câmara”, relembra Berenice Menegale.

 

Programação

 

Master classes

Götz Hartmann  – violino e música de câmara

João Carlos Ferreira – viola

Elise Pittenger – violoncelo

Mirta Herrera – piano e música de câmara

 

Orquestra Experimental

Götz Hartmann – regente

Ensaios: segunda a sexta-feira, das 19h30 às 21h

Concerto: Quarteto Guignard

Quarta-feira, dia 11 de setembro – 21h

Joanna Bello e Rodrigo Bustamante – violinos

Gerry Varona – viola

Camilla Ribeiro – violoncelo

Programa: Quartetos de Samuel Barber e Maurice Ravel

R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia-entrada)

Entrada gratuita para os participantes da “32 ª Semana de Música de Câmara”

 

Concerto: Orquestra Experimental e Grupos de Câmara

Sábado, dia 14 de setembro – 11h

Participação de Eladio Pérez-González, barítono

Programa: obras de Dvorák, Calimério Soares , dentre outros

Entrada franca

 

Concerto de Encerramento

Domingo, dia 15 de setembro – 11h

Götz Hartmann – violino

Elise Pittenger – violoncelo

Mirta Herrera – piano

Programa: obras de Bach, Brahms e Schumann

R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia-entrada)
Entrada gratuita para os participantes da “32 ª Semana de Música de Câmara”

 

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

Coral Lírico e Orquestra Sinfônica de Minas Gerais

Próximo

Exposições do Edital de Ocupação de Artes Visuais da FCS têm período expositivo prorrogado