DestaquesFoodLucas Machado

Facas de Corte

Facas de CorteFacas de Corte

Por Lucas Machado

Facas de corte Japonesas. Os segredos para obter o corte perfeito. Confira

Existem artesãos que demoram até um mês para fazerem facas de alta qualidade e que duram para sempre umas até mesmo sem precisar de amolar durante um bom tempo..

Na real facas e roupas íntimas, são os únicos itens pessoas que os japoneses tem na cozinha – todo o resto é fornecido pelo próprio restaurante. O Sushimans ficam na dúvida de qual realmente comprar são até os dias de hoje as seguintes opções: Aritsugo ou Masamoto?

As duas marcas são fundamentais na vida dos Artesãos da culinária nipônica tão badalada no Brasil a alguns anos. Descobri essas façanhas em um curso que participei de comida Japonesa que faltei alguns dia mas um bom aluno sempre falta as aulas.

Para impressionar todo Sashimi tem uma para cada tipo. Uma curiosidade interessante é que a faca tem que dar um tempo de um trabalho para o outro pois se não o gosto do metal da faca fica na comida. O ideal é que fique pelo manos 24 horas descansando. ( Rola uma pequena historinha de que o Imperador precedente, o famoso Hiroito, sabia dizer pelo gosto do sashimi o tempo em que a faca foi afiada).

De acordo com a tradição o nome do cozinheiro tem que estar gravado na faca e não se empresta a ninguém como uma escova de dente. Os Sushimans de Tóquio e na regiões ao norte da capital japonesa são fãs da marca Masamoto, criada em 1872, artesanais , famosas no mundo inteiro e sonho de consumo dos americanos (Talvez por ter sido a faca que japonesa que mais cedo entrou no mercado internacional, a mais de 40 anos).

Pode ser que um passado de Samurais explique a obsessão dos nipônicos pelos objetos cortantes. Mesmo os não amantes da culinárias tem uma certa paixão pelas facas. Aliás a marca rival, a Artisugo criou (da região de Kioto) criou espadas para os imperadores.

Fundada em 1560, continua pertencendo a mesma família. Terakubo-san, o atual proprietário, é o décimo oitavo descendente. Haja Yakusa. Mas a marca continua construindo uma a uma, e o martelar no ateliê na cidade de sakai e só para aos domingos.

Obviamente existem outras centenas de marcas principalmente de outros artesãos , verdadeiros artistas que chegam a fazer uma faca por mês e deixam muitos cozinheiros na fila. Um exemplo é o Miamoto Koei, também na cidade de Sakai, em Osaka (considerada a capital do utensílio). É dele a obra-prima com o cabo de ébano, que o chefe Kyubey, Imada San deslisa sobre a carne de touros.

É isso curiosidades a parte, como uma faca pode ser tão desejada assim coisas do outro lado do mundo.

Leia mais:

Moda Japão

Jaqueta Bomber

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

Barbara hulanicki

Próximo

Sensibilidade