DestaquesDestrinchando

Experiências marcam Planeta Atlântida 2019

Experiências marcam Planeta Atlântida 2019

Destrinchando

Que as marcas buscam cada vez mais não só a venda, mas o contato cada vez maior com seu público até mesmo como uma melhor forma de entende-lo e, superar suas expectativas nós profissionais de MKT já sabemos.

Mas um dos maiores Festivais de música boa Gaúcho o Planeta Brasil captou na edição deste ano a formula mágica com maestria.

24a edição do Planeta Atlântida entrou para a história do festival. Com sold out, o megaevento reuniu mais de 40 atrações que se revezaram entre os três palcos do Parque Planeta em 22 horas de música e recebeu um público de mais de 80 mil pessoas em dois dias.

Mas o festival não se resume às experiências proporcionadas para os milhares de planetários presentes na SABA, no litoral gaúcho. Ao contrário, estima-se que o Planeta Atlântida tem um alcance potencial de mobilizar 200 milhões de pessoas em todo o mundo via transmissão de TV, rádio ou por redes sociais, repercutindo o Rio Grande do Sul em outros Estados e países.

O festival foi exibido ao vivo pelo Multishow e teve uma cobertura intensa feita pelos veículos do Grupo RBS, com transmissão dos shows pelo g1.com.br/rs e pela Atlântida, e dezenas de matérias e flashes ao vivo na RBS TV, no jornal Zero Hora e em GaúchaZH, alcançando milhares de ouvintes, leitores e telespectadores das mais variadas regiões.

Além disso, somente pelas redes sociais oficiais do festival, 18,5 milhões de pessoas foram alcanças com os mais de 700 conteúdos produzidos exclusivamente para os canais. E, como o próprio DJ Alok lembrou no encerramento do megaevento enquanto fazia um live vídeo em seu Instagram, a transmissão também é feita para o mundo todo nas redes sociais dos artistas. Só na rede de Alok há 10 milhões de seguidores, e o número fica gigantesco se forem somados também os de seguidores de Anitta, Wesley Safadão e outras estrelas que passaram pelo festival.

Quem também aproveita o festival para alcançar novos públicos são as marcas. Nesta edição, foram quatro patrocinadores que levaram experiências para o público dentro do megaevento: a Schin, a Renner, o Agibank e a Coca-Cola.

As marcas usaram e abusaram das experiências com o público presente usando de forma genial a interatividade com a galera, confira nos sites do evento e dos patrocinadores vídeos e fotos os registros ficaram muito legais.

E mais:

*Ingressos solidários a ONG’S cadastradas, pela Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho (FMSS) que trabalham a música na inclusão social de adolescentes e jovens.

* O impacto também é grande na economia local. Um exemplo disso é o fato de que, apenas na última edição, a organização e a realização do evento geraram R$ 1,2 milhão em impostos diretos – o valor chega a pelo menos R$ 3 milhões considerando também tributos indiretos

* Durante a montagem da estrutura, ao menos 3 mil pessoas foram credenciadas para trabalhar durante 25 dias. E, apenas nos dois dias de Planeta Atlântida, 2,5 mil trabalhadores estiveram envolvidos.

Leia mais:

Atividade física e postura corporal

 

 

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

Primeira entrevista de emprego

Próximo

Refrigerante faz mal