Destrinchando

Equilíbrio nos sentimentos

Equilíbrio nos sentimentos

Nenhuma escola nos ensina a compreender nossos sentimentos, nem dedicamos nenhum momento para educar as emoções! Nem mesmo dentro de casa, somos cobrados a fazer resumos ou relatórios de como nos sentimos durante o dia, ou sobre fatos que vivenciamos.

Fomos educados para nos preocupar com o intelecto acadêmico, ficando cada vez mais distantes das emoções, apesar delas permearem o tempo todo tudo que vivemos, porém não atendemos aos chamados subjetivos.

Simples e automaticamente se ignora o mundo interior! Ensinaram que temos que resolver problemas toda hora, sem dar atenção ao que se passa em nosso ser. Quanto mais idade, mais responsabilidade. Assim também mais complexos, talvez confusos, se tornam os sentimentos que foram ficando anestesiados e abandonados tempos atrás.

Equilíbrio nos sentimentos

E temos que apanhar a vida nas próprias mãos! Vejo até hoje, adultos culpando a falta de amor e separação de pais, a infância difícil, a escola que não era boa, a casa pequena, os presentes que não poderiam ser ganhos.. Um monte de pequenos fatos que tem que ser obrigatoriamente superados para que nos tornemos melhores!

Destrinchando

Destrinchando

Anterior

Vietnã

Próximo

Ed Roth