Carolina Neves NeivaDestaques

Duas Palavras

Duas Palavras

Duas Palavras 1

Foto: Design By Destrinchando

Destrinchando

Por Carol Neves Neiva

Duas Palavras – Te amo

Como tem sido complicado e ao mesmo fácil essa duas palavras hoje em dia.

As pessoas devem estar se perguntando porque gosto tanto desde tema. Amor, relacionamentos e  desencantamentos.

Alguns anos atrás escrevi esse poema, e remexendo em meus milhares de arquivos achei esse poema, se é que podemos chama-lo assim.

Te amo como o vento a soprar em seus cabelos
Te amo como um por do sol no horizonte
Te amo como o orvalho que aparece nas manhas
Te amo pelo simples fato de você existir
Para que procurar motivos senão aqueles que estão guardados dentro do coração.

Pois então, quando escrevi esse poema, assim como diversos outros que tenho, estava inspirada pela palavra Te Amo. E hoje a palavra Te Amo me deixa enormes dúvidas. Estava eu em minha sessão analítica e tive a imensa curiosidade de perguntar ao meu analista: o Senhor acredita que o amor ainda exista?

Eu relutei por muitas sessões em perguntar essa frase. Mas é algo que vem me visitando sempre como questão, existe amor genuíno ainda nesse mundo? Ou apenas paixões sugasses e amores sem compromisso.

A resposta eu guardei comigo, mas era a resposta que tinha medo de receber. Ou melhor a resposta que já a muito sabia. Perguntas sem respostas, respostas sem perguntas. Fim sem sequer ter começo.
E inúmeros começos sem fim. Eu te amo. Tão lindo, tão poderoso e é usada de forma tão desleixada
que me assusta cada vez mais. Sou amante dos grandes românticos, parecendo uma criança que fica
louca com aquele balão que ela solta e sobe ao céu e não tira o olho até perder de vista.

Eterna, apaixonada? Não sei. Só sei que nesse mundo de amores instantâneos como miojo, aprendi que amor não é apenas uma palavra mas sim um verbo, no qual sua plenitude e amplitude deixa qualquer um paralisado quando é tocado por ele.

Que os medos e receios e feridas da vida não nos tire a doce fantasia de amar, pois hoje amar se tornou brega e ficar se tornou o must do momento.

Mas que tal se deixar pegar por aquela sensação de olhos brilhando, só de pensar em ver seu amor chegar.
De que forma você tem usado a palavra eu te amo?

Leia Mais:

Atividades físicas na água

Coletivo Abana o rabo

Carol Neves Neiva

Carol Neves Neiva

Psicóloga clínica especializada em psicóloga hospitalar.
Life coaching.
Atuo na área de motivacional a 6 anos.

Atividades físicas na água
Anterior

Atividades físicas na água

Naty López 4
Próximo

Naty López