Blenda GirardiDestaques

Compulsão Alimentar

Compulsão Alimentar

Compulsão Alimentar 3

 

Destrinchando

Por Blenda Girardi

Vocês leitores, são demais. Há sim vida inteligente por aí, como vocês, sedentos por conteúdo que possam acrescentar algo à vida de vocês! Falo isso pelos pedidos que chegam até mim sobre temas que vocês gostariam que fossem abordados aqui no site.

Um dos pedidos será atendido hoje: o comer compulsivamente. Viu como vocês são demais? Esse é um tema super pertinente, atual, e que anda disfarçado e sabotando muitas dietas e muitas emoções… É, emoções mesmo…

O negócio é muito mais profundo. Aliás, tudo em saúde, deve-se ser tratado muito além da ponta do iceberg, se é que me entendem.

Já notaram nos filmes? A mocinha abandonada ou traída pelo namorado chora com um pote de sorvete na mão. Come o pote inteiro. Nem ela sabe como comeu, ou como aguentou comer tanto. Será que uma pessoa nessas condições sente o gosto dos alimentos?

Segundo a ph.D Sophie Deram, doutora em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo, e Coach em Nutrição, a “compulsão alimentar é caracterizada quando o indivíduo consome uma quantidade excessiva de alimentos em um curto período de tempo.”

Olha como esse ciclo é perigoso, e pode desencadear situações piores. Segundo a doutora, “o exagero desencadeia a culpa e a baixa autoestima, além daquela sensação de fracasso, como que se “preciso tomar vergonha na cara”.

Aí, queridos leitores, numa situação dessa, como alguém pode ter forças para conseguir realizar uma nova programação de educação alimentar? A pessoa já se sente ‘um fracasso’, como mudar hábitos uma vez que a fuga dela se torna justamente aquilo que ela come? Meu DEUS!

Situações muito sérias, que não é um simples chilique ou comportamento para chamar a atenção! A profissional recomenda, nesses casos, a busca pelos profissionais especializados, uma vez que eles ser]ao capazes de detectar possíveis indícios de uma pessoa que come por compulsão.

Quem sabe não é este o primeiro passo para uma dieta eficaz?

Leia mais:

Lição de vida

Transformação nas escolas Brasileiras

Blenda Girardi

Blenda Girardi

Bailarina profissional há mais de 20 anos. Primeira bailarina clássica em sua companhia em Belo Horizonte/MG aos 19 anos e posteriormente, dedicou-se a todos os outros estilos de dança. (Jazz, contemporâneo, jazz funk, hip hop,
samba, musicais, etc). Formada também em Educação Física, estudante de teatro e canto atualmente.

Trabalha em programas de tv, como o ‘Domingão do Faustão’, da Rede Globo de Televisão, nos quadros que necessitam de bailarinos., fotografa como modelo para campanhas, etc.

Tem um solo show intitulado ‘Samba De Ponta’; que é um misto de samba com ballet nas sapatilhas de ponta, fazendo apresentações em eventos nacionais e internacionais. Destaque para o encerramento da Copa do Mundo de Judô, transmitido ao vivo pelo SPORTV, canais Globo.

Ecomaterioteca 2
Anterior

Ecomaterioteca

Compulsão Alimentar
Próximo

Corpo e saúde