DestaquesThiago Chiericatti

Chefe Thiago Chericatti

Chefe Thiago Chericatti

Chefe Thiago Chericatti

Di Napoli Ristorante

Por Lucas Machado

Foto: Keoma Duarte

Lucas Machado – Entrevista – Chefe Thiago Chiericatti

Fui convidado pelo Alexandre, o gerente do restaurante, para implementar um projeto em que a gastronomia simples possa surpreender o nosso objetivo maior dentre outros primeiramente será esse. O cliente vai comer da gastronomia simples até pratos autorais que algumas pessoas não sabem que são minhas criações .

Veja um pouco mais das fotos da entrevista e segue ai o endereço do novo restaurante que posso lhe garantir que você não irá se arrepender, de saborear a comida na qual o nosso querido Chefe Thiago Chiericatti, estará sob o comando. Segue também o endereço e telefone para reservas de mesas e comemorações de aniversários e diversos tipos de eventos.

Dia 15 de Outubro as 10:15 da manha Hotel Ramada Ecore Virgínia Luxemburgo. Conversamos com o Chefe internacional de cozinha Thiago Chiericatti, que é também colunista do site Destrinchando – Portal uai, para nos contar um pouco da sua vida e dos caminhos que trilhou na sua vitoriosa carreira até aqui, como chefe e um pouco dos seus novos rumos junto a um projeto inovador.

Aos 29 anos, natural de Belo Horizonte. O Chefe conta que a cozinha esta presente na sua vida desde pequeno. Já via apesar de não ter tanto interesse, sua mãe cozinhando e fazendo comida para fora.

Mas eu queria ser alguma pessoa diferente no mundo, é o que ouvia do seu pai desde pequeno. Ao completar o segundo grau decidiu por cinta própria ir para a Itália pois já como a família já era Italiana isso o ajudou muito. De posse dos documentos, sua família o emancipou e partiu para a Itália, lembrando que seu sonho era ser Dj.

Comprou a passagem para ficar apenas sete dias, porém ao sexto dia disse consigo mesmo. “Eu vou ficar aqui e vou tirar cara e coroa se der cara irei ficar e foi bem assim que tudo aconteceu. Queria ver as coisas fora da caixa, pensar um pouco e viver fora do normal do certinho”. Comenta.

Para quem já viveu na Itália ou em algum países Europeus, sabe que a visão deles é muito diferente de relações interpessoais e profissionais e resolvi ficar para aprender mais dos valores culturais do chamado velho mundo.

Dai começou a minha batalha, de cara passei três dia sem grana na rua, mas sem grana mesmo, apenas com o dinheiro para comer. Como tinha os documentos resolvi ficar. Procurei na internet uma lista de empregos e o primeiro emprego foi dentro de um restaurante.

Fui conhecendo pessoas e comecei no restaurante. Como os donos não aceitavam falta. Fiz todos os tipos de trabalho e ia sempre que faltava um funcionário eu fui cobrindo o trabalho deles e aprendi todo o processo do restaurante, isso me fez conhecer todo o processo.

Até que teve a primeira oportunidade de trabalhar como auxiliar de cozinha já sabia falar o Italiano e tinha os documentos as coisas começaram a caminhar com maior facilidade.

Dentro da cozinha passei todos os tipos de experiências. O dono do Restaurante teve que fazer uma viagem e deixou a cozinha na minha mão. Minha mãe enviou temperos do mercado central e eu deixava na cozinha para fazer a janta de funcionários.

Foi sair uma massa carbonara e coloquei um pouco do tempero eles comeram. Porém eram os donos da faculdade, e me ofereceram o curso que fiz e me deu uma bagagem enorme.

Me formei no curso de culinária em uma das escolas mais conceituadas da Itália. Italian Genius Academi. Que tem por várias cidades do país. E aprendi muitas coisas, entre alas aliar a prática com a técnica.

Trabalhei mais oito anos no mesmo restaurante e em uma vinda para visitar a minha família conheci o empresário de restaurantes na cidade de Belo Horizonte chamado Marco Antônio Malzoni. Ele estava inaugurando um restaurante que se chamava Pizza no Galpão, e resolvi ficar.
Em BH passei por vários restaurantes entre eles: Pizza no Galpão, Vila Floriano, Leblon, Singular Forneria tudo em parceria com o Malzoni. O cardápio de pratos da 68 foi feito por ele. Depois fui para o Topo do Mundo e fiquei durante muito tempo.

E agora estamos partindo para um novo empreendimento ao qual estarei assumir a cozinha. O restaurante Di Napoli Ristorante. Que fica em uma das mais charmosas e movimentadas Avenidas da Pampulha, a Av. Coronel José Dias Bicalho além de estrar perto de todo o complexo arquitetônico da Pampulha.

Livro : A chave de Michelangelo
Autor: Amorin S.U
Filme: Poderoso Chefão
Cor: Preto

Di Napoli Ristorante

Av Coronel Jose Dias Bicalho 899 Pampulha

Telefone de contato: 34950549 – Belo Horizonte
Inauguração: 28/10/2016

14805572_1312637215413868_1137691114_n

 

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

89 Fm e Urban Arts

Próximo

Motos Custom