Blenda GirardiDestaques

Bailarinos profissionais

Bailarinos profissionais

Bailarinos profissionais

Foto: Hypeness

Por Blenda Girardi

Saiba como os homens se se encaixam no universo da dança, os bailarinos.

O texto de hoje tratará de algo que, no mínimo, ainda é bastante inusitado. Palavras como surpresa, penso eu que já passaram. Inusitado seria, em meu humilde entender, a colocação apropriada para o momento. Vamos falar sobre onde os homens se encaixam no universo da dança.

Quando falamos em dança, ainda vemos pessoas, em sua maioria, associando a dança a uma atividade predominantemente feminina. E no Brasil, ainda é. A linha cultural é tão forte que vemos contrastes gritantes em países como Rússia ou Cuba. Na Rússia, por exemplo, o menino na faixa dos seus 7, 8 anos, que já está em uma das escolas de dança do país, é motivo de orgulho para os pais na mesma proporção em que um filho de família brasileira se destaca em times de base infantil do futebol.

Realmente, a cultura brasileira ainda exerce influência na escolha de rapazes para a dança. E o Brasil perde com isso. Desperdiçam-se enormes talentos, por conta de preceitos estabelecidos por gerações passadas. Estamos falando da ausência de conhecimento e estrutura familiar em tolir talentos natos de meninos, futuros homens, bailarinos profissionais.

E o papel dos homens na dança também é crucial. A defasagem da ala masculina nas danças é tão grande, que escolas de tradição e de renome em todo o Brasil, ainda hoje, oferecem bolsas de 100% do seu valor para rapazes estudarem balé. E isso não é por acaso: Em se tratando de balé de repertório, o famoso balé clássico, existem papéis que são ocupados unicamente por homens. Passos de dança exclusivos para eles, e por aí vai.

Sim, no balé existem movimentos diferentes para meninos e meninas, caracterizando diversidade e um virtuosismo brilhante quando juntos. Isso, por que não estamos falando, pelo menos, no texto de hoje, de todos os benefícios que a dança pode trazer para os homens também, é claro!

Quando abrimos nossas mentes, buscamos conhecimento além da nossa zona de conforto, e consequentemente, podemos descobrir vertentes espetaculares que nem sabíamos que poderiam existir em nós mesmos. Vamos dançar?

Leia mais:

Centenário da revolução Russa

Desfile na rua em Paris

Blenda Girardi

Blenda Girardi

Bailarina profissional há mais de 20 anos. Primeira bailarina clássica em sua companhia em Belo Horizonte/MG aos 19 anos e posteriormente, dedicou-se a todos os outros estilos de dança. (Jazz, contemporâneo, jazz funk, hip hop,
samba, musicais, etc). Formada também em Educação Física, estudante de teatro e canto atualmente.

Trabalha em programas de tv, como o ‘Domingão do Faustão’, da Rede Globo de Televisão, nos quadros que necessitam de bailarinos., fotografa como modelo para campanhas, etc.

Tem um solo show intitulado ‘Samba De Ponta’; que é um misto de samba com ballet nas sapatilhas de ponta, fazendo apresentações em eventos nacionais e internacionais. Destaque para o encerramento da Copa do Mundo de Judô, transmitido ao vivo pelo SPORTV, canais Globo.

John Mayer Belo Horizonte 1
Anterior

John Mayer Belo Horizonte

Spaghetti e massas
Próximo

Spaghetti e massas