DestaquesDestrinchando

Atividade física e postura corporal

Atividade física e postura corporal

Destrinchando

Atividade física pode contribuir para melhorar postura e dores na coluna. Confira:

Exercitar o corpo ajuda na postura e auxilia na redução das dores de lombalgia, escoliose, cervicalgia e nódulos musculares.

O cuidado com a postura e a prática de atividade física podem contribuir para evitar futuros problemas na coluna ou até mesmo melhorar algum quadro crônico existente. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 80% das pessoas já sofrem ou irão sofrer com algum problema na coluna. A dor lombar está em segundo lugar em causa de visita de pacientes aos médicos, atrás somente da dor de cabeça.

Existem vários exercícios indicados para melhorar a postura e as dores na coluna. “É preciso conhecer a real causa antes de iniciar a atividade, para que o resultado seja satisfatório”, ressalta a educadora física da Cia Athletica, Cristina Marques. As dores mais comuns são as lombalgias (dores na região lombar); cervicalgias (dores na região cervical). Desvios (hérnia de disco, escoliose) e curvaturas acentuadas (hiperlordose e hipercifose) na coluna podem ser alguns dos problemas causadores de dor aguda ou crônica; além disso, os nódulos musculares, que deixam as fibras musculares tensas e comprimidas também podem gerar dor.

Quando a pessoa tem algum problema na coluna e já passou por orientação médica e fisioterápica, é preciso avaliar junto a um profissional de educação física o exercício mais indicado. Segundo Cristina, existem algumas opções, como alongamento, yoga, pilates e musculação, que trabalham a postura e contribuem para o equilíbrio e alinhamento do corpo.

Em busca de diminuir as dores da hérnia de disco, a paisagista Valéria França Costa encontrou na prática de atividades físicas a melhoria da qualidade de vida. Há dois anos, segue uma rotina de exercícios que ajudam a ter uma postura adequada e a reduzir a dor. Atualmente, faz esteira cinco vezes por semana, musculação, além do pilates duas vezes por semana. “Sentia muitas dores e, me exercitando regularmente, consegui reduzi-las completamente. Mudei alguns hábitos e procuro manter sempre uma postura alinhada, nunca andar curvada”, diz.

Os cuidados durante a prática de exercícios também são necessários para evitar lesões e vale ter o acompanhamento de um profissional. Uma dica é, ao se exercitar, distribuir bem o peso do corpo sobre ambos os pés no solo para evitar sobrecarga em um dos lados. “Exercícios realizados de forma incorreta podem provocar desalinhamento da coluna, principalmente quando são feitos com pesos livres como halteres e barras que exigem maior controle na execução. A coluna precisa estar alinhada para não sobrecarregar os músculos. Uma postura errada pode provocar tensão, dificultar a mobilidade dos músculos, e consequentemente, provocar dores e desconforto”, avalia Maria Cristina. O indicado é alongar o corpo, usar cargas compatíveis com o condicionamento e respeitar os intervalos de descanso. “Exercícios direcionados para os glúteos, abdômen como agachamentos, prancha ventral e o perdigueiro são alguns que contribuem para a melhoria da postura”, recomenda a especialista.

Leia mais:

A qualificação profissional como diferencial de mercado

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

BEM SUCEDIDO

Próximo

Primeira entrevista de emprego