DestaquesDestrinchando

Alimentação saudável

Alimentação saudável

 

Destrinchando

Antes de fazer exercícios, que alimentos e bebidas devem ser evitados.

É possível ter mais cuidado com a saúde e corpo de forma adequada. Esta atenção está voltada a uma alimentação mais leve e mais saudável, beber muita água, praticar atividades físicas ao ar livre, como caminhada, corrida, andar de bicicleta, fazer esportes na praia, entre outros.

É muito importante tomar cuidado com a alimentação, principalmente com as calorias. O ideal é fracionar melhor as refeições, afim de não ingerir muito alimento de uma só vez e optar sempre por alimentos mais leves.

E para quem vai aproveitar para curtir o feriadão nas altas temperaturas, para evitar problemas com a pele, desde ressecamento até manchas de sol, é recomendado o consumo de alimentos fonte de ômega-3, como as sementes de chia e de linhaça.

Para os cabelos e unhas continuarem saudáveis, uma boa opção são as oleaginosas, que contêm proteínas e antioxidantes. E se o desejo for obter um bronzeado intenso e duradouro, a solução pode estar em alimentos ricos em betacaroteno e licopeno, como cenoura, abóbora, mamão, manga, pêssego, tomate, melancia, morango, goiaba, etc.

Outro ponto importante no cardápio de verão é a hidratação, que deve ser realizada constantemente, por meio de água mineral, sucos naturais, água de coco e frutas. Além disso, o consumo de frituras e alimentos gordurosos deve ser evitado afim de proteger o organismo das intoxicações.

A atividade física associada a uma boa alimentação é imprescindível para garantir uma boa performance durante os exercícios. Ates de qualquer atividade física, o ideal é que haja a combinação de carboidratos complexos (integrais) com proteínas.

A presença das fibras nos carboidratos complexos é de extrema importância, pois garante um bom aporte de energia durante os treinos e garantem um bom aporte de energia durante o treino e evitam o gasto de glicogênio muscular, que é o estoque de energia dos músculos, levando ao catabolismo (quebra) proteico.

Durante o reino o que beber

Indicamos a reposição de carboidratos, quando a atividade física ultrapassar 60 minutos, e também algumas reposições práticas, como gel repositor ou óleo de coco. A hidratação deve ser mantida durante todo treino.

Após o exercício intenso o que se deve comer e beber

Ingestão de carboidratos de rápida absorção para repor o estoque muscular perdido, estoque esse que pode ser usado como estoque de energia como de proteína. Algumas das opções desses carboidratos são: água de coco, suco de uva integral e frutas de alto índice glicêmico. Frutas vermelhas, framboesa, morango entre outras.

Quais alimentos devem ser evitados por atletas ou esportistas

A população em geral usa hoje em dia muitos alimentos pré-prontos, industrializados ricos em conservantes, edulcorantes, gorduras e carboidratos refinados, contribuindo para o aumento de inflamação do organismo que, uma vez inflamado, é fator de risco para doenças crônicas não transmissivas.

Logo são alimentos que devem ser evitados, não somente pelos atletas e esportistas, mas também por toda a população.

E o que pode se comer sem culpa

A alimentação deve ser balanceada, adequada em macro e micronutrientes, respeitando as necessidades de cada um. A busca do equilíbrio é o melhor caminho; não há nenhum alimento que e ingestão seja livre de culpa.

E os suplementos

A suplementação deve ser orientada apenas em casos de real necessidade. Temos uma individualidade bioquímica a respeitar, não existindo, assim uma regra.

Lucas Machado

Lucas Machado

Escritor, profissional de Marketing e Comunicação.

Anterior

Reforma da previdência: Efeitos e consequências

Próximo

Anabolismo e catabolismo