Carolina Neves NeivaDestaques

A difícil arte da relação humana

A difícil arte da relação humana

Por Carolina Neves Neiva

A difícil arte da relação humana

A difícil arte da relação humana

As relações humanas são sempre pauta de artigos, debates , pesquisa, estudos e sempre estão presentes nas rodas de conversa de amigos. Hoje quero pensar sobre a relação humana entre os pais e filhos. Entre mãe e seus filhos e entre o pai e seus filhos. Sempre pensando que relacionar-se é um das mais complexos e difíceis vivencias do ser humano. Então pensando no relacionamento entre os pais e seus filhos, ai sim complica mais ainda.

Quando uma mulher se torna mãe, ela tem que pensar que a partir daquele momento sua vida nunca mais será a mesma. Pois um filho(a) é responsabilidade para vida inteira. Quantas das milhares mães estão realmente preparadas para serem mães? E o mesmo digo para os pais .

Ser mãe e saber dosar, saber guiar, abrir mão de inúmeras coisas e vontades e o mais importante, que aquele ser que você carregou durante 9 meses é totalmente diferente de você mãe, e não uma continuação sua. Falo aqui das mães, e não dos pais por enquanto , pela ligação do ato de gerar. Pois então, vou falar um pouco de mim. Sou mãe de uma mulher de 18 anos.

E fiz a escolha de criar minha filha para ser o que ela quisesse ser. Claro que tenho minhas expectativas como qualquer mãe, mas o principal deixei que ela escolhesse ser o que quisesse, tanto que ela é totalmente diferente de mim. Criei um ser humano para ser e estar de forma que ela seja ela mesma. Que tal falar um pouco das relações conflituosas que existem entre os membros familiares. O quanto é difícil conviver ate mesmo com sua mãe e seu pai e da mesma forma ao contrario.

Quando se é uma família nos quais os pais não são separados pode parecer uma maravilha, mas vemos muitas famílias destruídas mesmo estando juntas. Por outro lado temos as famílias de pais separados que a 15 anos atrás era uma coisa de outro mundo e hoje a grande maioria das famílias são formadas com padrastos e madrastas .

E como é difícil trazer uma pessoa para seu núcleo familiar sem se tornar um problema. Pais e mães não se esqueçam que vocês tem todo direito de recomeçar suas vidas, mas não esqueçam seus filhos e filhas. Como disse o relacionamento humano é complexo por natureza, podendo se tornar insuportável, quando os envolvidos se perde na nova relação. E aqui falo dos pais e mães. Atualmente as famílias são formadas por pai e mãe, filhos dos novos casamentos, filhos do antigo casamentos, e os padrastos e madrastas.

Pais e mães, não esqueçam de seus filhos porque encontrou uma nova pessoa. Todos falam que filhos e pais são eternos , discordo em alguns pontos desse dito popular, mas deixo essa pauta para outra vez. Somos seres humanos e pela própria palavra humana, somos cheios de erros e acertos. Mas que tal tentar acertar mais do que errar.

Então, como estão suas relações familiares?

Leia mais:

Qual é o seu tempo

Artur Almeida

Carol Neves Neiva

Carol Neves Neiva

Psicóloga clínica especializada em psicóloga hospitalar.
Life coaching.
Atuo na área de motivacional a 6 anos.

Anterior

Produtos para homens

Próximo

Tatuagem, piercing e empresas