DestaquesDestrinchando

2019: Tendências de acessórios femininos

2019: Tendências de acessórios femininos

 

Destrinchando

TENDÊNCIAS DE ACESSÓRIOS PARA A PRIMAVERA 2019

Por Rachel Capucio

Esse ano, a Primavera está preparando para chegar esplendorosa. É chegada a hora de apresentar a vocês os acessórios “queridinhos” da próxima estação.

Mix de tudo

É tendência forte misturar peças e brincar com as proporções. Mix de colares, brincos, pulseiras e anéis são a grande inspiração que vieram direto das passarelas para a rua.

Peças Max

Desde maxi brincos, maxi colares , anéis e pulseiras tudo que é grande está valendo. Para não comprometer o look criar apenas um ponto focal nos acessórios. Se optar por um mix de pulseiras, vá devagar em relação aos brincos, anéis e colares. Dessa maneira, as peças devem ser harmônica para deixar o look ainda mais interessante.

Brincos

Uma proposta bem interessante fica a cargo dos brincos de argola, de todos os tamanhos, espessuras e cores. Das mais ousadas as mais discretas. O acessório é bem democrático, combina com todo tipo de rosto.

Assimetria

Outra trend que recheou as passarelas do mundo, foram os brincos com proporções assimétricas. A idéia é brincar com o tamanho dos brincos somado a combinações inusitadas misturando cores e texturas.

Lenços

Este acessório soma e segue, até porque é a grande tendência. Seja na cabeça, nos pulsos, à cintura, nas malas, nos sapatos e, obviamente, também ao pescoço, para já
não falar na roupa.

Colares

Colares grandes e volumosos fazem uma composição única com peças mais delicadas.Os Chokers também entram nessa composição, criando mais possibilidades de combinações.

Leia mais:

O poder da ação: Por Mary Fernandes

Rachel Capucio

Rachel Capucio

Rachel Capucio de Paula e Silva é advogada, graduada pelo Centro Universitário de Belo Horizonte(UNI-BH), pós-graduada em Direito do Estado (Universidade Anhanguera/Uniderp) e em Ciências Criminais ( Faculdade de Direito Padre Arnaldo Janssen).

Anterior

Paredes, pisos e revestimentos: Entenda como combinar e não errar na escolha dos materiais

Próximo

Gustavo Dibai: Mineiro de 17 anos faz 250 mil por mês